sábado, maio 18, 2024
HomeEntretenimentoVirada Cultural de Belo Horizonte 2022 reúne em torno de 300 atrações...

Virada Cultural de Belo Horizonte 2022 reúne em torno de 300 atrações gratuitas, em 6 palcos, Ações de Percurso e Viradão Gastronômico entre inúmeras e variadas manifestações artísticas

Pedro -Morais – Luana Buenano.

Nomes como Fernanda Takai, Lamparina, Nath Rodrigues, Pedro Morais, Flávio Renegado e Sandra de Sá compõem a programação junto com teatro, dança, cinema e performances

Com o tema “É Virada e Misturada, a gente junto é mais feliz”, a Virada Cultural de Belo Horizonte 2022 convida o público a redescobrir a cidade e vivenciar novas experiências no espaço urbano a partir de atrações variadas, pensadas para atender à diversidade de público e manifestações artísticas e culturais.

Realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com o Instituto Periférico, a 7ª edição da Virada Cultural será nos dias 3 e 4 de setembro, das 19h às 19h, e é o primeiro grande Festival de rua presencial, realizado pela PBH desde o início da pandemia. São cerca de 300 atrações gratuitas, reunindo nomes como: Fernanda Takai, Lamparina, Clara X Sofia, Nath Rodrigues, Pedro Morais, Flávio Renegado convida Sandra de Sá, Malaca, Kaê Guajajara, Coladera, Monge MC, Isabel Casimiro, entre muitos outros.

Além da música, será possível vivenciar a cultura em suas diversas manifestações artísticas e culturais como cinema, dança, teatro, atividades esportivas, gastronomia e muito mais. A programação diversa e plural abrange o perímetro do Centro da cidade, com atividades no Parque Municipal, Praça da Estação, Viaduto Santa Tereza, Avenida dos Andradas, Rua Guaicurus, Aarão Reis e Praça Sete. O trajeto entre eles, espaço chamado “No Percurso”, tem programação extensa de atividades e intervenções urbanas. E o Viradão Gastronômico e a Rota Gastro Cervejeira vêm complementar as ações, em um circuito de bares e restaurantes apresentando pratos especiais.

A Virada Cultural 2022 é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, com parceria cultural do Sesc Minas, da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte – CDL-BH e apoio da Uni-BH.

Para a Secretária Municipal de Cultura, Eliane Parreiras, a Virada Cultural expressa o compromisso da Prefeitura com a cultura, os artistas e o público da cidade. ¨Acreditamos que a virada Cultural representa a potência e a diversidade da arte e da cultura. Com a edição de 2022, a arte volta às ruas e aos palcos de Belo Horizonte, movimentando as energias criativas, a alegria e fortalecendo ainda mais a retomada da economia da cultura. É um momento de celebração, de reencontrarmos com a cidade e seus espaços públicos e também com vivência coletiva. Convidamos a todos a vivenciar essa multiplicidade de atrações e fruir arte e cultura durante 24 horas”, celebra Eliane Parreiras.

A presidente da Fundação Municipal de Cultura, Luciana Féres, ressalta a importância da Virada Cultural para a cidade. “Estamos bastante felizes com a realização de mais uma edição da Virada Cultural, que muito contribui para o fortalecimento da cultura de Belo Horizonte. A seleção das atrações e o aumento das atividades nos percursos entre os palcos e, ainda, os circuitos gastronômicos dão uma mostra da diversidade cultural da nossa cidade. Certamente, as 24 horas de arte e cultura deixarão a cidade mais lúdica e acessível, além de garantir o sucesso desse que é um evento dos mais relevantes para Belo Horizonte¨, comemora Luciana Féres.

 A programação completa da Virada Cultural 2022 pode ser conferida pelo site (http://portalbelohorizonte.com.br/virada).

PROGRAMAÇÃO PALCOS

PALCO ESTAÇÃO

No palco da Praça da Estação, várias festas e shows ganham os holofotes e prometem mobilizar um grande público. No sábado, apresentam-se “Orquesta Atípica de Lhamas”, a banda “Lamparina”, que vem despontando no cenário musical; e o duo “Clara X Sofia”, que apresenta músicas do primeiro álbum, falando sobre autoconfiança e as dores e delícias de ser quem se é. A festa “Eleganza” marca o início da noitada.

“Masterplano” convida o público para ver o sol nascer em pleno Centro, fazendo da rua a sua pista de dança. Na sequência, a “@bsurda” entra em cena com toda a sua pluralidade. Mais tarde, a “Festa Transa!” dedicada unicamente à música brasileira, sem se prender a um só estilo musical, chega para dar o tom. E para encerrar a programação do Palco Estação na Virada Cultural de Belo Horizonte, já no dia seguinte, um dos destaques da programação é: Flávio Renegado convida Sandra de Sá!

Os shows do grupo “Lamparina” e de Flávio Renegado com Sandra de Sá, são oferecidos pelo Sesc Minas, parceiro da 7ª Virada Cultural de Belo Horizonte.

 

OCUPAÇÃO DA ESTAÇÃO

A Praça da Estação é um marco no histórico da Virada Cultural e, reinventar e ampliar a sua ocupação, é um desafio desta edição. Como uma grande vitrine de movimentos culturais e comportamentais da cidade, a Virada Cultural 2022 convidou os agentes que já promovem essa ocupação no local: a “Praia da Estação” ganhará mobiliário de praia e redes de descanso; a obra “Entidades”, do artista Jaider Eisbel em parceria com o CURA – Circuito Urbano de Arte, e o coletivo “Homem Gaiola 1MPAR” com mapping, laser e projeção estarão no prédio do Museu de Artes e Ofícios, que completa 100 anos em 2022. Esportes urbanos, futebol de sabão, totó humano, bike anjo e outras intervenções complementam as atividades no espaço.

 

PARQUE MUNICIPAL

  • PALCO PARQUE

No palco em frente ao Teatro Francisco Nunes, não faltam opções nas 24 horas de programação. Os mundos do Brasil, da África e da Península Ibérica se fundem em um diálogo baseado em violões, percussão e vozes, formando um ambiente sonoro rico. Isabel Casimiro, Rainha Conga da Guarda de Moçambique, apresenta “Toadas de reinado na voz da rainha”; “Coladera Show”, anima o início da noite, que segue com o “Monstra”, festival de dança de salão contemporânea.

De madrugada, o “Cabaré das Divinas Tetas” apresenta o espetáculo que também é um corpo coletivo em manifesto. Logo depois, é a vez de “Vogue Fever”, com o “Baile da Meia Noite”.

De manhã, as sutilezas e os encantos do Teatro ganham o palco. A “Cia Candongas e outras firulas” apresenta o espetáculo “O Monstro do Lixo”, com linguagem poética e músicas animadas. “O Menino Sabino”, um espetáculo narrativo lítero-musical, revela a obra “O Menino no Espelho” e outras crônicas de Fernando Sabino; além do espetáculo de marionetes de Catin Nardi. A música toma conta do parque, com o musical “Samba do Arnesto”, “Os Baianinhas” e o “Show Agora”, de Pedro Morais.

Em parceria com os Festivais Rolé e Verbo Gentileza, a Virada Cultural 2022 traz os shows de Gabriela Viegas, Luiza Brina e a DJ Aída.

  • PALCO GRAMADO

Localizado próximo ao Palácio das Artes, as atrações do Palco Gramado começam com o sexteto de Silas Prado; Jannifer Souza apresenta o show “Pacífica Pedra Branca”; Júlia Tizumba traz “Minêra”, e “Duo Mitre” encerra o dia.

Mas a noite começa em seguida com “Tutu com Tacacá”, o carimbó paraense com jeitinho mineiro; o bloco “Seu Vizinho” e o “Funk You”; Keryroga e a “Banda Kalimba”, entre outras atrações.

Após a virada da noite, o Palco Gramado, em parceria com o “Dia da Amazônia”, traz importantes nomes como: Nath Rodrigues, Kdu dos Anjos com Teffy DJ e “Favelinha Dance”, Kaê Guajajara, Marcelo Veronez convidando Sérgio Pererê, Swing Safado e Fernanda Takai, que encerra a programação do espaço em grande estilo, com canções de seu repertório solo.

OCUPAÇÃO PARQUE MUNICIPAL

Além do Palco Parque e do Palco Gramado, o Parque Municipal tem, ainda, uma programação em suas instalações que abrange todas as idades. O coletivo “Duas ideias” criou anéis de LED e letreiros luminosos com frases emblemáticas para as árvores e jardins, criando uma instalação onírica. O “Cine Parque” tem atrações audiovisuais; “Natureza Viva” é um trabalho autoral da artista Deise Oliveira. O grupo “The Flow” apresenta danças urbanas; o “Banquete Botânico” é uma proposta de alimentar a alma e se nutrir por meio das plantas; a “Cia. de Dança Palácio das Artes” leva ao público as performances “Uma perda súbita de Flores” e (In)Tensões. Além de atrações na pista de patinação dançante, capoeira, oficinas de malabares e muito mais.

PALCO GUAICURUS

O Palco Guaicurus abre sua programação com a atração indígena Kainná Tawá e o show “Por trás das Palavras”.  Em seguida, atrações do “Festival Azeda” se unem à programação da Virada deixando-a ainda mais plural. “Elisa de Sena” se apresenta, seguida de “Brandu”, que convida a “Banda Nerê”, ambos trazendo em suas vertentes a junção do poder da cultura negra com o impacto do potente Sound System.

De madrugada o espaço se transforma na festa “Bronka”. E enquanto vira o dia, é possível conferir atrações como Pajé a Nave, Malaca, Lua Zanella, Laura Sette, Mac Julia, Doralyce e muito mais. A artista Breezy apresenta o show “Number One”, que transpassa força, garra e a disposição de uma jovem negra que ganhou espaço dentro da cultura Hip-Hop. Paige, que há quase uma década figura na cena independente de Belo Horizonte, também ocupa seu lugar no palco, encerrando a programação.

VIADUTO SANTA TEREZA

PALCO ARCOS

Sobre o Viaduto Santa Tereza, o público encontra o Palco Arcos, onde há uma programação diversa. Bruno Cupertino interpreta Paulinho da Viola; o “Samba da Meia-noite” leva o “Samba de Caboclo”. A manhã se inicia com o grupo de forró “Cabra Cega”.

Tem o “Grupo Axtral”, que vem com tudo, cantando grandes sucessos do samba e pagode; o rapper Imane Rane; o coletivo “ruadois” de rap e música eletrônica, formado pelos artistas Mirral ONE e Well; muito sertanejo com a cantora Juliana Araújo, com hits que contabilizam 2 milhões de streams, e muito mais. A programação se encerra com a “Banda Unión Latina” e o show “Juntos a Bailar”, misturando diferentes ritmos latinos como salsa, cumbia, maracatu, samba, latin jazz, dentre outros.

ARCOS DO VIADUTO

Ponto de encontro da cultura em Belo Horizonte, o baixio do Viaduto Santa Tereza também acontecerão diversas atrações. Ali estão concentradas as programações do coletivo “BH Stone”: Azula Queen Quartet, PlanoB, Tiocapone, Pepous People, Grama Hero, Trem Doido, Meggera, Tribal Legacy, Desistência Zero, Morto e Fresh Blood.

E também do “Festival Fora de Cena”: Sérgio Diaz e Banda; Bronx; Coallizzão; MC Nenê; Guima do Zilah; DJ Vitin do PC; DJ Nattan, Oreia e WS da Igrejinha. A programação do Viaduto se encerra com Monge MC e o show de 10 anos do EP CaminhoDeZaion Vol. I.

MUNDIALITO DE ROLIMÃ E OUTRAS LINGUAGENS

O tradicional “Mundialito de Rolimã” continua na Av. Assis Chateaubriand, mas, desta vez, acompanhado da “Corrida Maluca”, um campeonato alegórico de rolimãs. O projeto “Cine Quintal” propõe 10 horas de programação de cinema tendo a arte e a cultura como foco, com os documentários “Duelo de MCs”, “Encontro de Pajés”, “Filme de Rua”, entre outros. “As ruas falam” leva projeções de Silvi Clapp, a partir do registro de arte urbana pela cidade. O grupo Viela dispõe de balanços em plena avenida dos Andradas, embaixo do Viaduto de Santa Tereza.

PARA PETS E TUTORES

Nem os pets ficam de fora da Virada 2022. No espaço “Arcos Vira Lata”, o público encontra diversas ONGs com projetos para adoção de animais e presença de veterinários para dicas aos tutores; espaço Petiscos Pets; além do encontro “Cão de Rodinhas BH”, com pets para lá de Especiais.

NA ESCADA DO CINE BRASIL

Na Praça Sete, o entorno do Cine Theatro Brasil Vallourec – prédio ícone da cidade que completou 90 anos, recebe uma programação especial, privilegiando a pluralidade arquitetônica da região. A programação é aberta com o “Bloco Saúde”, uma parceria com o Instituto Unimed-BH. O “Baile Black” reúne a comunidade ao som do soul, promovendo a alegria e a confraternização dos amantes da Black Music.

Já o “Trio Ouvirá” apresenta um repertório que transita pelo mais puro rock and roll dos anos 60 e 70. O show “Rap da Paz” e o “Trio Ouvirá” complementam a programação. E a música instrumental também tem seu lugar com “Chorosas”, que irá interpretar composições feitas por mulheres de várias gerações, desde Chiquinha Gonzaga até a atualidade.

AÇÕES “NO PERCURSO”

No perímetro entre os palcos da Virada Cultural 2022, esportes urbanos, artes visuais, intervenções, instalações, performances e mobiliários vão transformar o Centro em um grande espaço de convivência. O projeto “Librário” oferece uma oficina de Libras e uma intervenção de lambe-lambes com mensagens informativas e conteúdo inclusivo. Já “Ao pé do ouvido” é uma caminhada audiodescritiva com profissionais acompanhando portadores de deficiência visual pela programação da Virada e pelos espaços do centro. Outra opção é o “Baile Uai Sound System”, festa estilo jamaicano onde a equipe de som monta o seu sistema do som em qualquer espaço público e todos curtem a música reggae e suas vertentes.

Há, ainda, desfile do “Bloco Fúnebre” em comemoração aos 10 anos de sua fundação; o projeto “Agô, Agô” com tapetes de serragem nas ruas, da dupla de artistas Joacélio Batista e Marcel Diogo; a “Travessia Iluminada”, um projeto cultural do folguedo Boi Rosado; Maracatu com o grupo “Lua Nova”; “Edifício Pixel” com recursos de arquitetura e animação 2D em pixel-arte. Entre outras atrações.

 

VIRADÃO GASTRONÔMICO E

ROTA GASTRO CERVEJEIRA

Belo Horizonte, Cidade Criativa da Gastronomia, título instituído pela Unesco, tem este setor como seu patrimônio e será importante pilar da Virada Cultural 2022. O Viradão Gastronômico, com curadoria da jornalista Lorena Martins, e a Rota Gastro Cervejeira, uma ação em parceria com o Projeto Zona Cultural Praça da Estação (ZCPE), mapearam mais de 30 estabelecimentos com pratos especiais e um circuito cervejeiro para quem quer vivenciar a Virada em todos os sentidos (Release anexo).

Toda essa programação foi cuidadosamente elaborada para que o público possa desfrutar, conhecer ou reconhecer a cidade sob vários ângulos. A Virada Cultural 2022 é um convite para que a população crie seu próprio percurso, encontre amigos e tenha 24 horas de intensa vivência cultural.

MAIS INFORMAÇÕES:

Virada Cultural de Belo Horizonte 2022

De 3 de setembro, às 19h, até 4 de setembro, às 19h.

Participação gratuita.

https://www.instagram.com/viradaculturalbh/

http://portalbelohorizonte.com.br/virada

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments