domingo, abril 14, 2024
HomeNoticiasCidadeProjeto As Panderista - Roda de Pandeiro encerra a nova edição neste...

Projeto As Panderista – Roda de Pandeiro encerra a nova edição neste fim de semana – 16 de abril

O projeto As Panderista – Roda de Paneiro foi organizado pelas artistas e multi-instrumentistas Manu RanillaAnna Lages e Luísa de Paula e consiste em promover encontros entre mulheres onde, através do ensino do pandeiro, trocam vivências, experiências e escutas. A ação passou por praças de bairros como Praça Ramatis – Bairro Aparecida, Praça Cristo Reina – Barreiro e Praça Carlos Marques – Calafate e encerra a atual edição neste sábado, dia 16/04, de 14h às 16h  no Parque Municipal Renné Giannetti, Centro de Belo Horizonte, com um grande encontro celebrando todo o processo e a  participação da cantora e instrumentista mineira, Nalú Pimenta.

As atividades contam com intérpretes em Libras.

Produção: Mexerica Cultural.

 

Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

Espaço de acolhimento e cumplicidade

A fundadora da roda das Panderista é Manu Ranilla, “pandeirista, tamborzeira e cantautora”, como se define a artista que participa de diversos projetos musicais na cidade, entre eles o Coletivo Negras Autoras. A idéia surgiu quando a musicista deu aulas no Tambor Mineiro e percebeu a necessidade de realizar encontros reservados apenas às mulheres, da necessidade de encontrar um lugar em que elas pudessem ser escutadas, se escutar, conforme relata Anna Lages, também integrante do projeto: “Os encontros começaram em 2016 e a Manu percebeu que isso poderia ser maior e atingir outras mulheres. Eu cheguei agregando um pouco com as brincadeiras, que tem a ver com o canto, eu já tocava com ela, então dei esse suporte na roda”.  De acordo com Anna, os encontros começaram a ficar mais regulares e outras mulheres se aproximaram.

“Em 2018 fizemos um grupo de estudos no Padre Eustáquio, no ateliê da Kuenda, da artista Fê Patuá, localizado no espaço Colheita, e a Luisa de Paula, que hoje é professora, era uma das mulheres que estavam com a gente neste grupo de estudos e foi quando fechamos este trio de professoras. A Luisa traz muito essa linguagem do corpo, porque ela vem do teatro. O pandeiro é o motivo que nos move, e essa roda se tornou um lugar muito especial de troca, sempre acontecem conversas muito profundas, as mulheres sentem-se muito à vontade. O pandeiro tornou-se um símbolo dessa possibilidade da mulher ser instrumentista”, Conclui Anna Lages.

SERVIÇO

As Panderista – Rodas de Pandeiro (Oficinas gratuitas)

Encontro final
Dia 16 de abril, 14h às 16h, no Parque Municipal Américo Renné Giannetti  (Afonso Pena, 1377 – Centro, Belo Horizonte)

Público: 

Mulheres – jovens, adultas e idosas

Iniciantes, intermediárias e avançada

Sem número fechado de vagas (estimativa 20 mulheres por praça)

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments