quarta-feira, junho 12, 2024
HomeNoticiasCidadeExposição no Parque do Palácio homenageia Niemeyer

Exposição no Parque do Palácio homenageia Niemeyer

"Niemeyer" reúne fotografias de Jomar Bragança

Fotografias do fotógrafo Jomar Bragança que retratam prédios icônicos desenhados pelo maior arquiteto do país em Belo Horizonte estão reunidas na exposição “Niemeyer”, que ocupa o segundo andar do Palácio das Mangabeiras, no Parque do Palácio.

“Esta exposição é um pequeno recorte de um trabalho mais extenso: o exercício do olhar sobre a obra de Niemeyer. Exercício que busca o diálogo entre a visão do fotografo sobre a arquitetura e a visão do arquiteto sobre a fotografia, investigando e identificando a natureza dessas relações e a trama de seus diálogos” explica Jomar.

A exposição foi inaugurada na última sexta-feira (9/12) e segue por tempo indeterminado.

 

História

Juscelino Kubitschek é o responsável pelo surgimento e consolidação da arquitetura e do design modernista brasileiro. Em 1940, o novo prefeito contrata o jovem, talentoso e desconhecido arquiteto Oscar Niemeyer, a quem encomenda o projeto que deve mudar a paisagem da Pampulha.

Juscelino chega à presidência junto com a Bossa Nove e ajuda a construir, junto com esta modernidade, um tempo de transformação e otimismo. Esta exposição é uma homenagem ao prefeito, governador e Presidente da República que encomendou também o projeto da construção do Palácio dos Mangabeiras.

Minas Gerais tem dezenas de obras de Oscar Niemeyer e Belo Horizonte é a segunda cidade do Brasil em volume de obras do arquiteto.

  

Sobre o Parque do Palácio

O Parque do Palácio reabre ao público depois de breve hiato, como destino de contemplação e descanso, mas também com intensa programação gastronômica e cultural. Uma casa de campo em plena cidade, distribuída em 42 mil m² de área e pensada para todos.

Localizado no Palácio das Mangabeiras, antiga residência do governador do estado, projeto atribuído a Oscar Niemeyer e com paisagismo de Burle Marx ainda não implementado (um dos projetos em andamento), o Parque permite diversas possibilidades. “Além do atrativo histórico, a natureza abundante é propícia ao lazer, à contemplação e às interações, tudo isso de forma segura” explica João Grillo, gestor do espaço. “O Parque do Palácio também foi pensado para receber e promover eventos culturais e de negócios“, completa.

Ali é possível encontrar restaurante, bar, café, drinkeria, espaços ao ar livre para piquenique, lojas com produtos gastronômicos das comunidades vizinhas e arte popular. Uma programação cultural que contempla todas as idades – com atividades infantis e música ao ar livre, o Parque do Palácio se firma como destino para belo-horizontinos e turistas que visitam a cidade.

Vale ressaltar que o projeto não é financiado pelo Estado e está sob a gestão da empresa Grifa e Malab Produções, por meio de acordo de parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH).

 

Serviço:

Horários:

Parque:

Quarta a sexta: 10h00 às 18h00.

Sábado e domingo: 09h00 às 18h00

Endereço: Rua Djalma Guimarães, 161 Palácio das Mangabeiras Portaria 2 – Mangabeiras, Belo Horizonte

Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia entrada). Entrada franca às quartas-feiras mediante retirada de ingresso sympla.

www.instagram.com/parquedopalacio_

www.parquedopalacio.com

É permitido entrar com animais domésticos na coleira

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments