quarta-feira, junho 12, 2024
HomeNoticiasCulturaCineBH reuniu mais de 15 mil pessoas com programação gratuita que ocupou...

CineBH reuniu mais de 15 mil pessoas com programação gratuita que ocupou 8 espaços da cidade, exibiu 93 filmes, realizou 32 debates e 360 encontros de coprodução no 14º Brasil CineMundi

Mostra internacional reuniu mais de 15 mil pessoas com programação gratuita que ocupou 8 espaços da cidade, exibiu 93 filmes, realizou 32 debates e 360 encontros de coprodução no 14º Brasil CineMundi

Em seis dias de programação intensa e gratuita, a 17ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte e o 14o Brasil CineMundi – International Coproduction Meeting movimentaram a capital mineira trazendo para a cidade representantes da indústria audiovisual mundial transformando Belo Horizonte na cidade do cinema latino-americano e no maior ambiente de negócios audiovisuais do país. Entre debates, sessões e exibições na praça, o evento contou com a participação de mais de 15 mil pessoas, alcançou mais de 1,5 milhão de pessoas nas redes sociais e a plataforma do evento foi acessada por mais de 65 mil pessoas, de 44 países. 

A 17ª CineBH exibiu 93 filmes nacionais e internacionais de 13 países (Alemanha, Argentina, Brasil, Catar, Chile, Colômbia, Cuba, França, México, Paraguai, Peru, Romênia) e 12 estados brasileiros (Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, São Paulo), exibidos em 56 sessões, em oito espaços da cidade mineira.

O evento contou com mais de 200 convidados, no centro de 32 debates, painéis e rodas de conversa, masterclasses internacionais e oficinas. Além disso, ao todo, 320 pessoas participaram das sete modalidades de cursos oferecidas durante o evento – duas oficinas, três laboratórios de roteiro e dois workshops.

Consolidado como o maior encontro de coprodução internacional no país, o Brasil CineMundi recebeu 63 profissionais do audiovisual de 18 países: Alemanha, Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Espanha, EUA, França, Holanda, Itália, México, Peru, Portugal, Reino Unido, Suíça, Uruguai. Desses convidados, mais de 35 são produtores, agentes de vendas, distribuidores, tutores, representantes de fundos e programadores de festivais internacionais que participaram das rodadas de negócios e tiveram contato direto com os realizadores e produtores dos projetos selecionados do evento. Neste ano, participaram 40 projetos em desenvolvimento (dez na categoria Horizonte, seis na DocBrasil Meeting, seis na Foco Minas e 18 na Paradiso Multiplica) e 10 na categoria WIP – Primeiro Corte, dedicada a longas-metragens em fase de pós-produção. Ao todo, foram realizados 360 encontros de coprodução 61 atividades formativas no CineMundi Lab.

Dois artistas de Minas Gerais, de fundamental relevância no cenário audiovisual, tiveram suas trajetórias celebradas nesta edição: o diretor Rafael Conde e a atriz e diretora Yara de Novaes. Ambos têm caminhos distintos, mas em vários momentos eles se cruzaram; o resgate desses diálogos foi também parte da vontade de a CineBH revisitar suas obras cinematográficas.

Explorando os “Territórios da(s) Latinidade(s)” como temática principal do festival, a Mostra apresentou 24 filmes nas seções latino-americanas com produções do Brasil (7 longas), Argentina (4), Chile (4), Colômbia (3), México (2), Peru (1), Paraguai (1) e Cuba (1).

Novidade nesta edição, a competitiva Mostra Território contou com 8 longas de 7 países latinos:  “Guapo’y” (Sofia Paoli Thorne, Paraguai/Catar); “Otro Sol” (Francisco Rodriguez Teare, Chile/França/Bélgica), “Moto” (Gastón  Sahajdacny, Argentina), “Llamadas desde Moscu” (Luis Alejandro Yero, Cuba), “A La Sombra de la Luz” (Isabel Reyes e Ignacia Merino, Chile), “Diogenes” (Leonardo Barbuy, Peru), “Puentes en el Mar” (Patricia Ayala Ruiz, Colômbia) e “Toda Noite Estarei Lá” (Tati Franklin e Suellen Vasconcelos, Brasil). Já a Mostra Continente reuniu 14 longas sob o título da temática da edição, “Territórios da Latinidade”.

Quinze escolas de Belo Horizonte e Região Metropolitana participaram do programa Cine-Expressão – A Escola vai ao cinemaAo todo, mais de 3 mil crianças, adolescentes e educadores assistiram a 06 sessões de cinema, com 13 filmes brasileiros que apresentam temas universais e educativos para a formação de crianças e jovens. Os filmes foram exibidos em três espaços da cidade. As escolas participantes receberam o material pedagógico de cada filme elaborado exclusivamente para o programa com o intuito de contribuir para o debate e a reflexão na sala de aula sobre os temas e abordagens que os filmes oferecem em suas histórias.

A cobertura jornalística foi feita presencialmente por 43 veículos de imprensa, representados por 58 jornalistas. Mais de 200 veículos de imprensa fizeram a cobertura do evento.

SOBRE A 17ª CINEBH MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE BELO HORIZONTE

A 17ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte e o 14º Brasil CineMundi integram o Cinema sem Fronteiras 2023 – programa internacional de audiovisual idealizado pela Universo Produção e que reúne também a Mostra de Cinema de Tiradentes (centrada na produção contemporânea, em janeiro) e a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto (que difunde o audiovisual como patrimônio e ferramenta de educação, em junho).

Link para fotos

https://www.flickr.com/photos/universoproducao/

Acompanhe o programa Cinema Sem Fronteiras 2023.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Na Web: www.brasilCineMundi.com.br / www.cinebh.com.br / www.universoproducao.com.br

No Instagram: @universoproducao

No Youtube: Universo Produção

No Twitter: @universoprod

No Facebook: brasilCineMundi/cinebh / universoproducao

No LinkedIn: universo-produção

Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

Site oficial do evento: cinebh.com.br

SERVIÇO

17a CINEBH – MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE BELO HORIZONTE

26 de setembro a 1º de outubro de 2023

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA

ESTE EVENTO É REALIZADO COM RECURSOS DA LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA DE BELO HORIZONTE

Patrocínio: ITAÚ, MATER DEI, PREFEITURA DE BH, COPASA, CEMIG/GOVERNO DE MINAS GERAIS

Parceria Cultural: SESC EM MINAS, CASA DA MOSTRA E CIRCUITO DA LIBERDADE/FUNDAÇÃO CLOVIS SALGADO/GOVERNO DE MINAS GERAIS

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E TURISMO DE MINAS GERAIS
MINISTÉRIO DA CULTURA | GOVERNO FEDERAL – UNIÃO E RECONSTRUÇÃO

WWW.CINEBH.COM.BR

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments