quinta-feira, fevereiro 29, 2024
HomeNoticiasCultura16 e 17/12 - Academia Mineira de Letras celebra aniversário de Jane...

16 e 17/12 – Academia Mineira de Letras celebra aniversário de Jane Austen com série de palestras

 

8º Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil, realizado em celebração ao aniversário da escritora que é um dos maiores fenômenos da literatura mundial, acontece na Academia Mineira de Letras, nos dias 16 e 17 de dezembro. Nove especialistas na obra da autora se reúnem para trazer olhares diversos sobre livros, personagens e temáticas do universo de Jane Austen. Na sexta-feira, as palestras têm início às 19h. No sábado, o Encontro começa às 9h, sempre com entrada gratuita.

O evento acontece no âmbito do Plano Anual de Manutenção AML (PRONAC 203709), realizado mediante a Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Instituto Unimed-BH – por meio do incentivo fiscal de mais de cinco mil e duzentos médicos cooperados e colaboradores – e da CEMIG. Copatrocínio da Tambasa.

O Encontro tem início na sexta-feira, 16, a partir das 19h. A Dra. Adriana Sales apresenta a palestra “Jane Austen no Brasil” e fala sobre a recepção de Austen em nosso país, que é formada por um fandom digital muito variado, constituído por leitores das mais variadas formações e idades.

Em “Austen e os efeitos amorosos do ouro”, a Dra. Maria Clara Biajoli faz uma análise de relações matrimoniais em seus aspectos financeiros, em romances de Austen, para entender os casamentos mercenários, prudentes e os ideais.

Já em “Técnicas narrativas em Jane Austen”, a mestre Marcelle Salles tratará das técnicas narrativas em Jane Austen, especialmente no que tange ao ponto de vista dos personagens, meio pelo qual o leitor acessa as obras austenianas.

Outro ponto é abordado por Débora Marini em “Jane Austen para crianças”, onde versa sobre recontos de Jane Austen para crianças, em especial a coleção Awesomely Austen, e como esse tipo de produção toca as comunidades de fãs da autora inglesa.

No sábado, 17, a partir das 9h, um novo ciclo de palestras dá continuidade ao Encontro. A Dra. Natália Barcellos apresenta “Jane Austen: fenômeno na contemporaneidade” e discorre acerca da contemporaneidade na obra de Jane Austen, procurando estabelecer de que forma se dá o atual interesse em sua obra por parte de leitoras contemporâneas.

Outro tema abordado é “Transgressão Feminista em Orgulho e Preconceito”. Andressa Nunes faz a proposição de uma leitura não apenas pelo viés histórico, mas também pela crítica construída no romance Orgulho e Preconceito. Austen foi uma das pioneiras a utilizar recursos que posteriormente seriam descritos como manobras estilísticas por Ducrot (1972) e Orlandi (1997, 2001, 2002). O discurso elaborado por Jane Austen foi fundamental à mudança de pensamentos das mulheres, bem como da sociedade.

Já a palestra “Imaginando Jane Austen” é conduzida por Larissa Souza e faz uma análise, em três tempos, das obras escritas sobre a vida da autora Jane Austen. Iniciando com a comparação entre o conteúdo das biografias escritas por familiares e as cartas da escritora e, em um segundo momento, a análise de uma cinebiografia (Becoming Jane- 2007), concluindo na abordagem do romance, que ficcionaliza a vida de Austen (Projeto Jane Austen – 2018).

Na sequência, Dra. Bianca Rossatto apresenta “Quem tem medo de Lydia Bennet?” que busca discutir como se dá a construção de Lydia Bennet no romance Orgulho e Preconceito (1813), de Jane Austen, e sua transposição para o universo de “Os Diários de Lizzy Bennet” (2012-2013), de Hank Green e Bernie Su.

Para finalizar o evento, Dra. Magda Velloso conduz “A ironia narrativa de Jane Austen”, tratando da ironia nos textos de Jane Austen e como esta foi (ou não) mostrada nos filmes de seus romances. Além disso, dicutirá como foi apresentada a figura feminina e seu desenvolvimento em “Persuasão”.

Sobre as palestrantes:

Adriana Sales é Doutora em Estudos Linguísticos pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. É especialista em Jane Austen pela Universidade de Oxford. Atualmente é professora de inglês e suas literaturas no Ensino Médio e Graduação em Letras do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. É fundadora e presidente da Jane Austen Sociedade do Brasil desde 2008.

Maria Clara Biajoli (UNIFAL-MG) é Doutora em Teoria e História Literária pela UNICAMP, com pós-doutorado na USP. Desde 2019 é Professora de Literatura Inglesa na Universidade Federal de Alfenas.

Marcelle Vieira Salles é escritora, graduanda em Letras com ênfase em Estudos Literários pela UFMG e Mestre em Administração pela FEAD-MG. Trabalha em projetos de planejamento e edição de livros independentes. É membro e palestrante associada à Jane Austen Sociedade do Brasil desde 2011.

Débora Marini (UFRGS) é Mestranda em Estudos de Literatura pela UFRGS e professora licenciada em Letras pela mesma instituição, estuda recontos da escritora Jane Austen para jovens leitores.

Natália Barcellos (UNESP) é Docente do Departamento de Letras Modernas e do programa de Pós-graduação em Estudos Literários da UNESP desde 2012. Doutora em Germanística pela Universidade Livre de Berlim. Graduada em Letras/ alemão, inglês e português pela Unesp.

Andressa Nunes (UFSC) é Pós-graduanda em Literatura pela UFSC, Pós-graduada em Inovação na educação e licenciada em Letras – Inglês/ Português pela UNIPLAC. Foi Vice-presidente do Centro Acadêmico de Letras da UNIPLAC. Participa de grupos como: Leia Mulheres e Um Roda de Conversa, que problematizam a escrita produzida por mulheres.

Larissa Souza (UNICAMP) é Bacharela em Estudos literários pela UNICAMP, aluna do curso de Especialização em Ensino de Línguas e Literaturas do IFSP campus Hortolândia (IFSP – HTO). Professora de francês e inglês.

Bianca Rossatto (IFSUL Gravataí) é Doutora em Estudos Literários (UFGS) e professora de Língua Portuguesa, Literatura e Língua Inglesa em Institutos Federais há nove anos. Atualmente, leciona no IFSULCampus Gravataí, onde desenvolve ações de ensino, pesquisa e extensão relacionadas à autoria feminina.

Magda Velloso (UFMG) é Doutora em Literatura Comparada pela UFMG, com pesquisas na Universidade de Londres, tem diversos artigos acadêmicos publicados em periódicos nacionais e estrangeiros; alguns contos publicados na Revista Literária da FALE/UFMG e ganhou por duas vezes o segundo lugar no Concurso de Contos da OAP. É coautora da série didática Alive High (3 volumes) para o curso médio. Foi tradutora e organizadora de livros, tem três livros autorais publicados. Tem capítulo em coletânea da Ed. Anome e em cinco coletâneas da Liberty Books, SP.

 

SERVIÇO:

Academia Mineira de Letras

8º Encontro Nacional da Jane Austen Sociedade do Brasil

Sexta-feira (16/12) – 19h

Palestra: Jane Austen no Brasil – Dra. Adriana Sales (CEFET-MG)

Palestra: Austen e os efeitos amorosos do ouro – Dra. Maria Clara Biajoli (UNIFAL-MG)

Palestra: Técnicas narrativas em Jane Austen – Ma. Marcelle Salles (UFMG)

Palestra: Jane Austen para crianças – Débora Marini (UFRGS)

Sábado (17/12) – 09h

Palestra: Jane Austen: fenômeno na contemporaneidade – Dra. Natália Barcellos (UNESP)

Palestra: Transgressão Feminista em Orgulho e Preconceito – Andressa Nunes (UFSC)

Palestra: Imaginando Jane Austen – Larissa Souza (UNICAMP)

Palestra: Quem tem medo de Lydia Bennet? – Dra. Bianca Rossatto (IFSUL Gravataí)

Palestra: A ironia narrativa de Jane Austen – Dra. Magda Velloso (UFMG)

Local: Academia Mineira de Letras – R. da Bahia, 1466 – Centro, Belo Horizonte

 

Instituto Unimed-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais e ambientais visando à formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, fomentar a economia criativa, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$155 milhões por meio das Leis municipal e federal de Incentivo à Cultura, fundos do Idoso e da Infância e Adolescência, com o apoio de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores da Unimed-BH. No último ano, mais de 6,5 mil postos de trabalho foram gerados e 4,8 milhões de pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Acesse www.institutounimedbh.com.br  e saiba mais.

Cemig

De onde vem a nossa força?

 A Cemig, maior patrocinadora cultural de Minas Gerais, acredita na importância e na valorização da arte e da cultura para o desenvolvimento humano, econômico e social de uma população como possibilidade do alcance de um futuro melhor para as novas gerações.

 A preocupação da empresa em promover a socialização e a democratização do acesso aos bens culturais do estado se baseia principalmente no compromisso da Cemig com a transformação social e inclusão, uma oportunidade de dialogar e trazer melhorias para a comunidade.

 Nossa força também vem da cultura. Saiba mais em www.cemig.com.br
Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments