Home Noticias Estado Sindijoias Ajomig promove espaço de lapidação na 31ª edição do Minas Trend

Sindijoias Ajomig promove espaço de lapidação na 31ª edição do Minas Trend

Ação é uma parceria entre o sindicato, Senai Minas e Fiemg

0
89

O Sindijoias Ajomig, em parceria com o Senai Minas e a Fiemg, está trazendo para essa edição do Minas Trend uma oficina de lapidação ao vivo. Com bancada completa, a ideia é mostrar o processo de transformação da gema natural em estado bruto em uma pedra preciosa polida e brilhante.

A oficina funcionará nos mesmo dias e horários da feira. De 16 a 18 de abril, das 10h às 17h, dentro do espaço do Senai Minas, no primeiro andar do Minascentro. Por lá, será possível conhecer os lapidários Walter Lopes e Alanice Murta. A dupla irá demonstrar esta interessante, e ainda pouco conhecida arte que faz parte da cadeia produtiva do setor de gemas e joalheiro.

Sobre Alanice Murta e Walter Lopes

Nascida na cidade de Coronel Murta, no norte de Minas, aos sete anos dona Alanice Murta já ia ao garimpo com uma vizinha e se encantava com o brilho das pedras. Nascia aí, uma paixão para vida toda. Em 1958, Alanice veio a Belo Horizonte com a intenção de trabalhar e estudar, e neste memo ano começou a trabalhar na lapidação do seu tio. Dois anos depois, já tinha sua própria empresa com três funcionários no fundo do quintal da sua casa.

Alanice conta sua história com muito orgulho. A lapidação de pedras preciosas não é apenas uma profissão, foi com ela que criou seus filhos e construiu sua casa própria em Santa Luzia (grande BH), onde reside até hoje. Ela também montou uma escola de lapidação, espalhando sua arte para o mundo. A arte de lapidar foi passada através das gerações de mulheres e hoje em dia Alanice, de 81 anos, trabalha com sua filha e neta.

Walter Lopes Ferreira, nascido em Três Marias, é lapidário há 50 anos. Aos doze anos de idade começou a aprender o ofício e em apenas um ano já dominava as técnicas de lapidação e polimento de pedras preciosas. Com o passar do tempo desenvolveu vários tipos de lapidações especiais e exclusivas.

Hoje, atende a uma clientela de designers e importantes Indústrias do setor joalheiro, desenvolve sua arte em todos os tipos de gemas, produzindo esculturas e também pedras para produção em série. Já teve suas esculturas expostas ao público na exposição “Museu Itinerante”, promovida pelo Museu de Mineralogia Prof. Djalma Guimarães, de Belo Horizonte.

 

Serviço

https://www.instagram.com/sindijoiasajomig

Crédito: dona Alanice Murta no Minas Trend
Renata Alves

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here