terça-feira, abril 16, 2024
HomeEntretenimentoSarandeiros retorna ao Grande Teatro do Palácio das Artes em apresentação única...

Sarandeiros retorna ao Grande Teatro do Palácio das Artes em apresentação única dentro da 48ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de MG

O Grupo Sarandeiros retorna ao grande teatro do Palácio das Artes, apresentando o espetáculo: NOS PASSOS DO GRUPO SARANDEIROS: 40 +2 anos de histórias, dentro da programação oficial da 48º Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Minas Gerais, no dia 28 de janeiro, às 20h. Na construção deste novo trabalho destacam-se algumas das principais danças realizadas pelo grupo, nas últimas duas décadas de existência, com novos figurinos e encenações.

“O Sarandeiros foi o primeiro grupo de dança a participar da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança em 1999, com o espetáculo” O Profano e o Sagrado” que lotou o Grande Teatro. Até aquele ano, eram apenas produções de teatro que faziam parte da Campanha em BH “, conta o diretor Gustavo Côrtes. “E fizemos a estreia do grupo no Grande Teatro do Palácio das Artes. Retornar a este palco dentro da Campanha, 24 anos depois, é uma honra, e uma alegria festejarmos os 40 +2 anos do Sarandeiros.  Será uma verdadeira apoteose e esperamos todos e todas para comemorarmos juntos esse momento tão especial na história do grupo “, completa ele.

 

Sobre os Sarandeiros

O Sarandeiros, anteriormente denominado Grupo de Dança experimental da Escola de Educação Física da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG – nasceu em 1980, coordenado pelas professoras Vera Soares e Marilene Lima, para alunos e alunas do curso de Educação Física. Em 1987 passou a se chamar Grupo Sarandeioe apresentava uma produção artística basicamente de danças internacionais, com apresentações no âmbito da universidade. Com a aposentadoria das duas professoras em 1995, o grupo retomou aos trabalhos em 1997, com a chegada do professor Dr. em Artes da Cena, Gustavo Côrtes que, com novas ideias e propostas, ampliou o acesso ao grupo, abrindo as atividades do Sarandeio para pessoas de fora da universidade, transformando-o em um grande projeto de extensão universitária. Desde então, o trabalho assumiu diferentes perspectivas, mantendo seu viés acadêmico e extensionista e ampliando sua atuação na cena artística e cultural municipal, estadual, nacional e internacional. As mudanças foram decorrentes de um fazer artístico em constante devir, tendo sempre como local privilegiado a cultura popular através das danças do Brasil, reconhecendo o valor dos saberes tradicionais e dos modos de expressão de seus povos.

As obras do grupo sempre se ancoraram em uma prática de pesquisa cuidadosa e rigorosa, o que possibilitou provocar, tanto na academia quanto no público, reflexões importantes sobre a nossa diversa e controversa cultura popular. Com uma produção cultural intensa, 16 turnês internacionais e uma participação ativa no Brasil e no exterior, o trabalho do Sarandeiros se consolidou com o apoio da UFMG e da Pró-reitora de Extensão, como um grande e longevo projeto de extensão universitária, com diversas produções artísticas e acadêmicas, que transformaram o projeto em dos maiores e melhores grupos de valorização e divulgação danças brasileiras no país.

 

Sobre “Nos passos do Grupo Sarandeiros: 40+2 anos de histórias”

Neste novo espetáculo, “Nos passos do Grupo Sarandeiros: 40+2 anos de histórias”, serão apresentadas 18 coreografias, fazendo referência os últimos 25 anos de histórias, traduzidos em 6 espetáculos da cia: Aquarela Brasileira ( 1997), O Profano e o Sagrado (1998), Memórias de Meio Milênio ( 2001), Dança, Brasil! (2003), Gerais de Minas (2005), e Quebranto, (2008)

“Cada dança nos permite compreender as diferentes formas dos trabalhos coreográficos executados pelo grupo, sempre em diálogo constante com novos processos metodológicos de criação, elaborados a partir das experiências práticas e da profunda pesquisa de movimentos” conta o diretor Gustavo Côrtes.

Com 100 dançarinos e dançarinas em cena, e 6 musicistas que executam ao vivo as músicas do espetáculo, com a Direção Geral de Gustavo Côrtes, Direção Artística de Petrônio Alves, a Direção Musical de Tatá Sympa, coordenação de ensaios Gerson Júnior e Luiza Rallo, e preparação Física de Diego Marcossi e Mariana Gomes, o Sarandeiros faz um percurso pela sua própria história de sucessos.

 

Sarandeiros nas redes sociais:

Site: http://projetos.eeffto.ufmg.br/sarandeiros

Instagram e Facebook: @sarandeiros;

Email: sarandeiros@gmail.com

 

Serviço

CAMPANHA DE POPULARIZAÇÃO DO TEATRO E DA DANÇA DE MINAS GERAIS

Local: PALÁCIO DAS ARTES

Data:28 DE JANEIRO

Horário: 20H

ingressos nos postos do SIMPARC ou pelo site:

https://www.vaaoteatromg.com.br/detalhe-peca/belo-horizonte/nos-passos-do-grupo-sarandeiros

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments