sábado, março 2, 2024
HomeRelacionadosPorco Medieval pode ser encomendado para Natal e Ano Novo

Porco Medieval pode ser encomendado para Natal e Ano Novo

Prato serve até 30 pessoas

A recém-inaugurada A Forja, taberna medieval, vai proporcionar aos clientes uma experiência única: você pode levar o porco medieval, servido inteiro, para sua Ceia. É um porco de 8Kg desossado e recheado com barriga de porco e lingüiça escandinava, totalizando 11 Kg de carne e vai com os acompanhamentos de antepastos, conservas e pães da casa. O cliente pode encomendar direto na casa com antecedência de 5 dias e buscar no dia de servir.

“Esse prato além de ser autêntico medieval, ele serve um número bom de pessoas e a apresentação dele é muito bacana”, fala Igor Escobar, um dos proprietários da casa. As encomendas podem ser feitas direto pelo telefone:(31)98291-9595

Sobre A Forja

A capital dos bares e restaurantes ganhou uma casa que promete ser diferente de tudo o que já se viu por aqui. É o que garante os sócios Igor Escobar e Henrique Ferrari – o Kiki Ferrari como é conhecido no meio gastronômico. É uma autêntica taverna medieval, e quando se fala autêntica é no sentido real da palavra.

A ideia veio do sócio Igor, que após passar uma temporada no exterior estudando, voltou com esse desejo latente de abrir um restaurante que remetesse às origens medievais. Procurou o Chef Kiki Ferrari e expôs suas ideias e o projeto. Logo os dois que são apaixonados pela cultura e história medieval, abraçaram o sonho e encararam o plano. Até o ponto onde será o PUB foi pensado de forma a se ter uma esfera da época.

O nome é a Forja Taverna Medieval. “Escolhemos esse nome pelo fato de uma forja ser o lugar onde os ferreiros fabricavam armas, armaduras, ferraduras, entre outros e era um ofício comum e característico por toda era medieval, tornando-se um elo conceitual entre todos os povos desse período que buscávamos. Queremos proporcionar uma experiência medieval aos clientes. Desde um cardápio que contempla pratos do ocidente ao oriente, sempre tentando ser o mais fidedigno historicamente com o período, até nas decorações, com características de vários povos e culturas diversas da era medieval”, explica Igor.

A casa tem decoração da época, toda planejada, com artefatos feito sob encomenda, tudo para levar o cliente a uma viagem ao passado. Para isso, os sócios participaram de leilões e encomendaram réplicas de armas e armaduras historicamente corretas, com diversas bandeiras multiculturais e até mesmo uma coifa em forma de elmo. Tudo para deixar o espaço o mais histórico possível.

“Vamos colocar um antigo sonho em prática. Para isso estudamos muito, pesquisamos, viajamos e com certeza vamos oferecer o que tem de melhor”, fala Igor.

Como o restaurante propõe uma volta ao passado, a gastronomia também levará o cliente a essa viagem de cores, sabores e texturas do passado. Insumos, temperos, tudo foi pesquisado conforme os costumes da época. O cardápio foi todo elaborado pelo Chef Kiki Ferrari, com contribuições do Igor. Uma das peculiaridades do local é que o cliente poderá encomendar um banquete medieval para levar para casa. Será o Porco Real. Todo o cardápio vai passear do oriente ao ocidente, abrangendo o máximo da história e gastronomia da época. Do cardápio podemos destacar por exemplo, a A Bisteca de Apicius (Ofellae), que é: a Bisteca Bovina Marinada à Moda Romana. “Ofellae” é uma antiga receita medieval romana e uma das mais antigas receitas de steak já encontradas.

No livro “De Re Coquinaria”, um dos livros de receita mais antigos do mundo atribuído a um cozinheiro chamado Apicius, descreve-se o preparo de steaks bovinos e suínos marinados com mel, azeite, pimenta longa e Garum, um molho à base de peixe que deu origem a famosa Colatura di Alici, o famoso molho salgado de Aliche. E a Costela à Cinco Dedos (Beshbarmak), que é: a Costela Bovina Desmanchando com Massa Rústica, Caldo de Costela e Cebola Roxa. “Beshbarmak” significa “cinco dedos” em várias línguas túrquicas, que representa como as tribos nômades da Ásia Central comiam esse prato. O prato é tradicional ao longo de toda a rota da ceda, da China Muçulmana, passando pela Rússia, toda a Ásia Central e adiante. É um prato ritual servido em ocasiões especiais feito do abate do animal inteiro cozido, onde cada corte é servido para pessoas específicas.

Os cortes são servidos sobre uma camada de tiras largas de massa cozida e cebola, acompanhado de “Shorpa” sopa feita do caldo da carne, e em algumas regiões acompanha-se creme azedo. É um Lamen em sua forma mais primal. A construção do Beshbarmak como prato nacional data da literatura soviética que herdou a dicotomia nômade do Império Russo.

Com as bebidas não será diferente. Elas também vão passear pela história. Podemos citar do cardápio a Sangria Romana (Conditum Paradoxum), que leva o Vinho Rosé, Mel, Açafrão, Louro e Xarope de Tâmara. “Conditum Paradoxum” ou Vinho temperado Surpresa é uma versão romana de uma bebida grega chamada anteriormente de “Hipocras” em homenagem a Hipócrates pai da medicina. Ervas e especiarias eram acrescentadas em muitas bebidas para melhorar o sabor e por propriedades medicinais. Na Roma Medieval várias versões foram criadas e popularizadas pela Europa dando origem a bebidas como a sangria e até nosso quentão.

Destaque também para a  Brinde de Solstício (Wassail), que leva Sidra, Cerveja, Hidromel, Casca de Laranja, Pimenta Jamaica, Noz Moscada e Canela. “Wassail” do nórdico antigo “VesHeill” que significa “Saúde” é o nome de uma cerimônia Anglo Saxã na qual se compartilha de uma bebida de mesmo nome feita de sidra, especiarias, cerveja e até hidromel. Esse festival celebra o solstício de Inverno com o objetivo de despertar as macieiras de sidra e afugentar os maus espíritos para garantir uma boa colheita. A tradição se mantem no Leste da Inglaterra até os dias de hoje.

Com todas essas peculiaridades, a Forja vem para ser diferente de tudo o que existe e levar as pessoas para uma verdadeira viagem no tempo.

Sobre os Chefs

Igor é formado em administração, pós-graduado em finanças pela Dom Cabral e formado no curso de chef de cozinha pelo IGA. Vem de uma família que sempre esteve ligada com a gastronomia. Trabalhou por 8 anos no Villa Rural, restaurante do seu pai, em diversas áreas. Depois criou o buffet “Fratelli” especializado em buffet para a área empresarial.

Kiki Ferrari é um especialista e entusiasta da gastronomia sem fronteiras do rústico ao criativo. Chefiou a cozinha do restaurante SvärtenMugg, uma taverna viking com a culinária escandinava. É um dos precursores da gastronomia a Ferro e Fogo no Brasil, já tendo participado de vários festivais especializados em churrasco. Preza a criatividade, ousadia e originalidade.

Serviço: PUB

A Forja

Endereço: Cláudio Manoel 500, Savassi

Telefone: (31)98291-9595

Redes: @forjataverna

Capacidade: 92

Horário de Funcionamento: 18:00 as 00:00 terça a Quinta   18:00 às 1:00 sexta e sábado.

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments