terça-feira, maio 21, 2024
HomeNoticiasEstadoFilarmônica de Minas Gerais faz sua primeira turnê estadual do ano na...

Filarmônica de Minas Gerais faz sua primeira turnê estadual do ano na cidade de Contagem, no dia 21 de abril, às 11h. Apresentação gratuita.

O concerto será gratuito e ao ar livre, no dia 21 de abril, às 11h, na Praça da Glória, com regência do maestro associado, José Soares

A Filarmônica de Minas Gerais, o maior projeto sinfônico da América Latina neste milênio, se apresenta na cidade de Contagem (MG), no dia 21 de abril, às 11hna Praça da Glória, no Eldorado, em sua primeira apresentação em Turnê Estadual. Sob a batuta do maestro José Soares, Regente Associado da Filarmônica, a Orquestra leva ao público grandes clássicos do universo sinfônico, como O Quebra-nozes, de Tchaikovsky, o Batuque da ópera Malazarte, de Lorenzo Fernandez, além de compositores como MozartStrauss JrBrahms, entre outros. A apresentação é gratuita e celebra os 21 anos do Instituto Unimed-BH. O concerto terá tradução em libras.

 

Para José Soares, maestro associado da Filarmônica de Minas Gerais, “é uma alegria dar continuidade ao projeto de itinerância da Filarmônica pelo vasto e diverso estado que honra o nome da orquestra. E a imensidão e grandiosidade das terras mineiras é o que nos inspira para levar um repertório que mostre o quão também grande é o mundo da música de orquestra, e sobretudo, o quão perto está de nossas vidas”. Ele conta que “as duas primeiras obras, de Bizet e Tchaikovsky, evocam tradições regionais de dança: a Farândola, de uma França medieval, e a Polonaise. Compartilhamos uma versão orquestrada de um ‘hit’ de Mozart, o Rondo alla Turca. A partir daí, vamos nos encantar com as belezas melódicas da Barcarolle de Offenbach, de uma valsa de Tchaikovsky, uma canção de ninar de Brahms e as Danças Polovtsianas de Borodin. O bom tempo dos nossos concertos será celebrado com a festiva polca Sob relâmpagos e trovões de Strauss Jr. A última parte do concerto volta à América Latina, com a música do mexicano Carlos Chávez e do brasileiro Lorenzo Fernandez. Concluímos com uma homenagem à tradição musical brasileira, com uma Suíte de temas da Bossa Nova, composta especialmente para a Filarmônica por Leonardo Gorosito. Compartilhar este programa é reafirmar a nossa missão de conectar nossa linguagem artística com a comunidade que nos cerca – somos de Minas e do mundo, viajando por todos os cantos e encantos”, ressalta José Soares.

“Por meio do Instituto Unimed-BH, a Unimed-BH tem como compromisso promover a cultura e apoiar projetos socioambientais nos municípios onde a cooperativa atua. É com imensa alegria que vamos levar de forma gratuita para a população o concerto da Filarmônica de Minas Gerais em Contagem, município que temos forte atuação e que tem grande representatividade para a Unimed-BH”, afirma a diretora-presidente do Instituto Unimed-BH, Mercês Fróes.

Este projeto é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas Gerais e Instituto Unimed-BH através do incentivo de mais de 5,6 mil médicos cooperados e colaboradores, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Apoio: Prefeitura de Contagem, Circuito Liberdade e Programa Amigos da Filarmônica. Realização: Instituto Cultural Filarmônica, Secretaria Estadual de Cultura e Turismo de MG, Governo de Minas Gerais, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Maestro José Soares, Regente Associado da Filarmônica de Minas Gerais

 

Natural de São Paulo, José Soares é Regente Associado da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais desde 2022, tendo sido seu Regente Assistente nas duas temporadas anteriores. Venceu o 19º Concurso Internacional de Regência de Tóquio (2021), recebendo também o prêmio do público. Bacharel em Composição pela Universidade de São Paulo, iniciou-se na música com sua mãe, Ana Yara Campos. Estudou com o maestro Claudio Cruz e teve aulas com Paavo Järvi, Neëme Järvi, Kristjan Järvi e Leonid Grin. Foi orientado por Marin Alsop, Arvo Volmer, Giancarlo Guerrero e Alexander Libreich no Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão. Pelo Prêmio de Regência recebido no festival, atuou como regente assistente da Osesp na temporada 2018. José Soares foi aluno do Laboratório de Regência da Filarmônica e convidado pelo maestro Fabio Mechetti a reger um dos Concertos para a Juventude da temporada 2019. Dirigiu a Osesp, a New Japan Philharmonic, Sinfônica de Hiroshima e Filarmônica de Nagoya, no Japão. Em 2024, conduziu a Orquestra de Câmara de Curitiba e tem concertos agendados com as sinfônicas Jovem de São Paulo e do Rio Janeiro, Sinfônica do Paraná, junto ao Balé do Teatro Guaíra, e Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina.

Serviço:

 

Turnê Estadual

21 de abril

Praça da Glória, Eldorado – 11h – Contagem (MG)

Concerto gratuito

 

José Soares, regente

BIZET                       L’Arlésienne: Suíte nº 2: Farandole

TCHAIKOVSKY         Eugene Onegin: Polonaise

MOZART                   Rondo alla Turca

OFFENBACH             Contos de Hoffman: Barcarola

TCHAIKOVSKY         O Quebra-nozes: Valsa das flores

BRAHMS                   Acalanto, op. 49

BORODIN                 Príncipe Igor: Danças Polovtsianas

STRAUSS JR.            Trovão e Relâmpago, polca, op. 324

MARQUEZ                 Danzon

FERNANDEZ             Malazarte: Batuque

L. GOROSITO           Suíte Bossa: Temas de Baden Powell e João Donato

 

 

Mais informações: (31) 3219-9000 ou www.filarmonica.art.br

 

ORQUESTRA FILARMÔNICA DE MINAS GERAIS

 

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais foi fundada em 2008 e tornou-se referência no Brasil e no mundo por sua excelência artística e vigorosa programação.

Conduzida pelo seu Diretor Artístico e Regente Titular, Fabio Mechetti, a Orquestra é composta por 90 músicos de todas as partes do Brasil, Europa, Ásia e das Américas.

O grupo recebeu numerosos menções e prêmios, sendo o mais recente o Prêmio Concerto 2023 na categoria Música Orquestral, por duas apresentações realizadas no Festival de Inverno de Campos do Jordão, SP. A Orquestra já havia recebido o Grande Prêmio da Revista CONCERTO em 2020 e 2015, o Prêmio Carlos Gomes de Melhor Orquestra Brasileira em 2012 e o Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Artes (APCA) em 2010 como o Melhor Grupo de Música Clássica do Ano.

Suas apresentações regulares acontecem na Sala Minas Gerais, em Belo Horizonte, em cinco séries de assinatura em que são interpretadas grandes obras do repertório sinfônico, com convidados de destaque no cenário da música orquestral. Tendo a aproximação com novos ouvintes como um de seus nortes artísticos, a Orquestra também traz à cidade uma sólida programação gratuita – são os Concertos para a Juventude, Filarmônica na Praça, os Concertos de Câmara e os concertos de encerramento do Festival Tinta Fresca e do Laboratório de Regência. Para as crianças e adolescentes, a Filarmônica dedica os Concertos Didáticos, em que mostra os primeiros passos para apreciar a música de concerto.

A Orquestra possui 12 álbuns gravados, entre eles quatro que integram o projeto Brasil em Concerto, do selo internacional Naxos junto ao Itamaraty. O álbum Almeida Prado – obras para piano e orquestra, com Fabio Mechetti e Sonia Rubinsky, foi indicado ao Grammy Latino 2020.

Ainda em 2020, a Filarmônica inaugurou seu próprio estúdio de TV para a realização de transmissões ao vivo de seus concertos, totalizando hoje mais de 80 concertos transmitidos em seu canal no YouTube, onde se podem encontrar diversos outros conteúdos sobre a orquestra e a música de concerto.

A Filarmônica realiza também diversas apresentações por cidades do interior mineiro e capitais do Brasil, tendo se apresentado também na Argentina e Uruguai. Em celebração ao bicentenário da Independência do Brasil, em 2022, realizou uma turnê a Portugal, apresentando-se nas principais salas de concertos do país nas cidades do Porto, Lisboa e Coimbra, além de um concerto a céu aberto, no Jardim da Torre de Belém, como parte da programação do Festival Lisboa na Rua, promovido pela Prefeitura de Lisboa.

A sede da Filarmônica, a Sala Minas Gerais, foi inaugurada em 2015, sendo uma referência pelo seu projeto arquitetônico e acústico. Considerada uma das principais salas de concertos da América Latina, recebe anualmente um público médio de 100 mil pessoas.

A Filarmônica de Minas Gerais é uma das iniciativas culturais mais bem-sucedidas do país. Juntas, Sala Minas Gerais e Filarmônica vêm transformando a capital mineira em polo da música sinfônica nacional e internacional, com reflexos positivos em outras áreas, como, por exemplo, turismo e relações de comércio internacional.

Os números da Filarmônica (2008 a dezembro/2023)

 

1.543.738 espectadores
1.231 concertos realizados
1.360 obras interpretadas
126 concertos em turnês estaduais
42 concertos em turnês nacionais
9 concertos em turnê internacional
94 concertos transmitidos ao vivo
606 notas de programa publicadas no site
231 webfilmes publicados
1 coleção com 3 livros e 1 DVD sobre o universo orquestral
4 exposições itinerantes e multimeios sobre música clássica
12 CDs lançados
1 Indicação ao Grammy Latino 2020 (CD Almeida Prado – Obras para piano e orquestra – Categoria de Melhor Álbum Clássico)

Sobre o Instituto Unimed-BH

O Instituto Unimed-BH completou 20 anos em 2023. A associação sem fins lucrativos foi criada em 2003 e, desde então, desenvolve projetos socioculturais e socioambientais visando à formação da cidadania, estimulando o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, fomentando a economia criativa, valorizando espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou mais de R$ 170 milhões por meio das leis de incentivo municipal e federal, fundos do idoso e da criança e do adolescente, com o apoio de mais de 5,6 mil médicos cooperados e colaboradores da Unimed-BH. Em 2022, mais de 9,3 mil postos de trabalho foram gerados e 1,6 milhão de pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

Acesse www.institutounimedbh.com.br e saiba mais.

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments