sábado, maio 18, 2024
HomeEntretenimentoFavelinha Dance celebra a cultura do funk em “Brinco de Ouro”, dia...

Favelinha Dance celebra a cultura do funk em “Brinco de Ouro”, dia 31 de outubro, no Palácio das Artes

Brinco de Ouro – Foto Ester Teixeira.

Espetáculo traça paralelo contemporâneo com a história de exploração e resistência de Minas Gerais 

O grupo Favelinha Dance, sediado no Aglomerado da Serra, Belo Horizonte, estreia no dia 31 de outubro o espetáculo “Brinco de Ouro”, no Grande Teatro do Palácio das Artes. A produção vai além dos palcos, refletindo sobre a identidade preta e favelada em um contexto histórico marcado pela exploração e resistência. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do palácio e em breve pelo site fcs.mg.gov.br.

“Foram quase oito meses de pesquisa, de ensaios e de criação. São oito bailarinos no palco e vão ter algumas surpresas nessa estreia, como artistas convidados. O projeto nasce de uma incubadora de funk, que a gente trabalhou o ano inteiro, e também de oficinas de danças urbanas, funk e uma oficina maravilhosa de libras. Então, em algum momento desse espetáculo, ainda vai ter a dança com a interpretação de libras.”, destaca Kdu dos Anjos, idealizador do Favelinha Dance.

O estado de Minas Gerais, conhecido por seu passado na mineração do ouro, carrega uma história complexa de exploração predatória, que ainda pode ser vista nos dias atuais. “Brinco de Ouro” faz uma conexão entre essa realidade e a luta das comunidades periféricas, que, assim como o solo de Minas, foram colonizadas e exploradas ao longo dos anos.

Inspirado na história de bravura dos escravizados que usavam brincos de ouro como símbolo de poder e valentia, o espetáculo evoca a memória das dinâmicas de poder, negociação e subversão que essas jóias representaram no passado. Em um paralelo contemporâneo, o grupo Favelinha Dance traz à tona as questões atuais enfrentadas pelas comunidades periféricas, que resistem à opressão e lutam pela sua valorização e respeito.

Com movimentos que expressam a força e a resiliência da cultura do funk, os dançarinos do Favelinha Dance quebram barreiras e desafiam os estereótipos impostos, enfrentando o preconceito e a marginalização com arte e paixão. O elenco conta com Dj Fidelis, Dudu Sorriso, Mrs. Jhones, Sammy Oliveira, Tiphany Gomes, Vitinho do Passinho, Negona Dance, Teffy Angel e produção de Ester Teixeira.

O espetáculo carrega muitas referências. “Destacamos elementos das tradições africanas, com algumas expressões tradicionais associadas a elas. Também trazemos influências do jazz, vogue e celebramos, principalmente, a expressão do passinho de BH.”, explica Kdu.  A apresentação ainda promete ser bastante dinâmica, com momentos solo, em conjunto e técnicas de improviso.

“Brinco de Ouro” é mais do que um espetáculo de dança, é um manifesto artístico que celebra a diversidade cultural, resgata a história da comunidade preta e favelada de Minas Gerais e desafia a exploração predatória que ainda assombra a sociedade.

Sob a direção artística de Léo Garcia, o Favelinha Dance eleva a cultura do funk a um patamar de resistência e orgulho, promovendo uma mensagem poderosa sobre a importância de valorizar a identidade e a história de Minas Gerais, bem como a luta contínua das comunidades periféricas por dignidade e reconhecimento.

SOBRE O FAVELINHA DANCE

O Favelinha Dance é um grupo de dança que tem se destacado no cenário artístico-cultural de Belo Horizonte e ganhado reconhecimento internacional. Fundado em 2017, o Favelinha Dance promove estudos relacionados ao funk, realiza apresentações em diversos eventos e tem a missão de difundir e empreender as danças dentro da cultura do funk. Assim, por meio da dança, o grupo busca não apenas promover o entretenimento, mas principalmente se engajar em lutas sociopolíticas, a fim de combater a desigualdade social e as violências urbanas e incentivar o protagonismo negro e juvenil e a ocupação de espaços não ocupados pela periferia.

SERVIÇO 

Espetáculo “Brinco de Ouro”

Local: Grande Teatro do Palácio das Artes 

Dia: 31 de outubro

Horário: 20h

Duração: 50 min

Ingressos disponíveis na bilheteria do Palácio e em breve pelo site fcs.mg.gov.br

 

FICHA TÉCNICA 

Direção Geral: Kdu dos Anjos e Léo Garcia

Direção Artística: Léo Garcia

Produção Geral: Ester Teixeira

Elenco: Dj Fidelis, Dudu Sorriso, Mrs. Jhones, Sammy Oliveira, Tiphany Gomes, Vitinho do Passinho, Negona Dance, Teffy Angel.

Figurino: Remexe: Carla D’lá , Iara Drummond, O corre das linhas: Camille Reis

Acessórios: O corre das linhas: Camille Reis

Filmagem: Artur Ranne, É isso mesmo filmes

Fotografia: Ester Teixeira

Designer ilustrações: Estevam Gomes

Comunicação: Thais Milani

Iluminação e Operação: Veec e Dianá

Trilha Sonora: Dj Fidelis

Cenografia: Na Tora Design

Catering: Delícias da Lalá, Lambuza Favelinha

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments