quarta-feira, junho 12, 2024
HomeEntretenimentoDead Fish comemora 32 anos e faz show em BH

Dead Fish comemora 32 anos e faz show em BH

Apresentação única será no Underground

No próximo dia 28 de janeiro, sábado, a partir das 19:30h, o Underground Pub recebe uma das bandas hardcore mais festejadas do Brasil: Dead Fish, em apresentação única em BH. O Underground Pub sempre investe em grandes atrações e bandas alternativas, movimentando a cena coltural de BH. Os ingressos estão a venda no link do Sympla: https://www.sympla.com.br/evento/dead-fish-no-underground/1812366

Tudo começou quando, no início dos anos 90, cinco amigos sem muita pretensão montavam uma banda, intitulada “Stage Dive”, com a ideia de andar de skate e levar um som com covers de bandas já consagradas no punk rock internacional. De versões de Bad Brains, Dead Kennedys e Ramones, a banda passou a compor suas próprias músicas e a fazer seus primeiros shows. É quando surge o nome definitivo: Dead Fish. Consagrada como um dos principais grupos de hardcore do Brasil por seu discurso político progressista, a banda aborda, na maioria de suas letras, a saúde e educação pública, além de denunciar, sem meios termos, a desigualdade, desonestidade, preconceito, hipocrisia e violência no país.

Com quatro anos, duas demo tapes e alguns shows pelas cidades capixabas, aparece a oportunidade de assinar com uma gravadora independente, lançando, em 1998, seu primeiro álbum. Assim, contrariando as expectativas de qualquer disco independente, “Sirva-se” vendeu mais de 10 mil cópias em apenas um ano de divulgação. Em seguida, afim de produzir e distribuir um CD por si só, a banda montou, em 1999, a “Terceiro Mundo Produções Fonográficas”, que deu vida aos próximos três trabalhos da banda: “Sonho Médio” (1998), que entrou para a história do hardcore nacional; “Afasia” (2000) e “Ao Vivo”, uma compilação de seus três primeiros discos, gravada em 2002 no Hangar 110, o ‘berço’ do hardcore em São Paulo.

Em 2003, pela gravadora Deck, o Dead Fish entrou em estúdio para gravar “Zero e Um”, seu quarto disco, lançado em 2004. Responsável pela maior vendagem da banda, o álbum alcançou mais de 30 mil cópias em apenas um ano de lançamento. Também em 2004, ganhou projeção nacional ao receber o VMB de Banda Revelação e lançou, em parceria com a MTV, seu primeiro DVD, o “MTV Apresenta Dead Fish”. Em 2006, ainda pela Deck, surge um novo disco, intitulado “Um Homem Só”, com sucessos como “Oldboy”, “Destruir Tudo de Novo” e “Obrigação”. No ano seguinte, o grupo fez sua primeira turnê fora do Brasil, com cerca de vinte shows entre Alemanha e República Checa. Dois anos depois, em 2009, é lançado o sétimo álbum, “Contra Todos”, que trouxe ao Dead Fish, mais um VMB, desta vez, na categoria de Melhor Banda de Hardcore.

Para comemorar vinte anos de carreira, em novembro de 2011 gravaram, no Circo Voador, no Rio de Janeiro, seu segundo DVD, “Dead Fish 20 anos”, que traz músicas das diferentes fases e participações especiais de amigos da banda. Além de diversas turnês como headliner, o Dead Fish já Dead Fish completa 32 anos de história abriu shows para grandes nomes do punk rock e hardcore internacionais como Bad Religion, Ignite, Pennywise, Rise Against e Shelter. Com o apoio dos fãs em projeto de financiamento coletivo, o Dead Fish bateu, em 2014, um dos maiores recordes do Catarse e lançou, no ano seguinte, o disco “Vitória”, que traz, entre as 14 faixas, sucessos de audiência como a faixa-título, “912 passos” e “Selfegofactóide”.

2016, o ano em que a banda comemorou 25 anos de toda essa trajetória, começou com o pé direito, com datas no Chile — passando por Coquimbo, Santiago, Talca e Valparaíso — além de rodar por todo Brasil com a turnê comemorativa e finalizar o ano com um registro em DVD da turnê de 25 anos, gravado no Audio em São Paulo, para 3.500 pessoas com lotação máxima. Em 2017 a banda lançou o DVD “XXV” e voltou à estrada, divulgando o trabalho por todo o País. Em 2019, a banda retornou à gravadora Deck e lançou “Ponto Cego”, oitavo álbum de estúdio de sua carreira. Com produção de Rafael Ramos e mixagem de Bill Stevenson (All, Black Flag, Descendents, entre outros) o disco logo atraiu atenção com seu primeiro single, “Sangue Nas Mãos”. Uma vez lançado — com direito a mais um show na Audio com lotação máxima — o registro agradou público e crítica, atraídos pelo discurso direto que acusa os desmandos sociopolíticos de “golpe a golpe” e um apurado instrumental.

O ano de 2020 começou com a turnê de divulgação do último álbum lançado, Ponto Cego, porém, devido à pandemia ocasionada pela Covid-19, os shows foram cancelados e a banda se manteve em isolamento. 2021 foi marcado pelos 30 anos do Dead Fish. A turnê em comemoração às três décadas da banda estava programada, porém, com o agravo da pandemia, não pôde ser lançada. No entanto, para suprir a ausência de shows, naquele ano, a banda realizou algumas lives. Já em dezembro, com a retomada dos eventos presenciais, a banda volta aos palcos e finalizou o ano com algumas apresentações. Em 2022, a banda lançou a tão esperada turnê em comemoração aos 30 anos de história no cenário musical brasileiro. Intitulada 30+1 e celebrando os 31 anos do Dead Fish, foram realizados 80 shows em todas as regiões do Brasil, ao longo de todo o ano.

Já em 2023, a banda entrará em estúdio para gravar seu novo álbum – o primeiro lançamento após a pandemia – e espera lançá-lo ainda neste ano. A expectativa para 2023 é de continuar na estrada na mesma intensidade de 2022, realizando shows por todo o país, passando por todas as regiões. Ainda, serão realizadas apresentações especiais de alguns álbuns que marcaram o Dead Fish no cenário da música brasileira.

Serviço:

Show Dead Fish – sábado, 28 de janeiro, a partir das 19:30h.

Ingressos no https://www.sympla.com.br/evento/dead-fish-no-underground/1812366

Local: Underground Black Pub

Av. Itaú, 540 – Dom Cabral – Belo Horizonte/MG

Informações: @undergroundblackpub

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments