quinta-feira, maio 23, 2024
HomeEntretenimentoCPM 22 está de volta ao Underground Pub

CPM 22 está de volta ao Underground Pub

Primeiro show teve lotação esgotada e segunda data foi aberta em outubro

Depois de uma apresentação com convites esgotados em setembro, o CPM 22 é a atração do Underground Pub no 27 de outubro, com venda ainda aberta. Será a partir das 18h.

Vendas abertas para 27 de outubro: https://centraldoseventos.com.br/cpm-22-no-under–extra

Serviço:

Local: Underground Black Pub

Av. Itaú, 540 – Dom Cabral – Belo Horizonte/MG

Informações: @undergroundblackpub

Sobre o CPM 22:

A banda surgiu em 1995, influenciada por punk rock e hardcore, com músicas rápidas, melódicas e letras cotidianas. O CPM 22 (Caixa Postal Mil e Vinte e Dois) tem como maior influência a cena pós punk californiana dos anos 90, como, Screeching Weasel, No Use For A Name, Face To Face, Lagwagon, entre outros. Em 1998 gravaram a demo-tape CPM 22 e conseguiram destaque não só no cenário underground nacional, como na grande mídia. Em 2000 a banda foi indicada à categoria Melhor Democlipe no Video Music Brasil, com o clipe da música “Anteontem”.

Surgiram novas composições, sempre com a marca da banda, e o resultado foi o CD independente: A Alguns Quilômetros de Lugar Nenhum. Em apenas um mês a banda vendeu 4 mil cópias, chamando a atenção de produtores de shows e das gravadoras. Essa sintonia fez com que o CPM 22, logo no início de carreira, dividisse o palco com algumas bandas estrangeiras de hardcore que se apresentaram por aqui, como: Lagwagon, No Fun At All, Down By Law, Buzzcocks, entre outros dinossauros do HC.

Até aí, a banda já mostrava bastante potencial o que foi confirmado pouco tempo depois que foram contratados pela Arsenal Music que acreditou e lançou o álbum seguinte de nome CPM 22 em 2001, resultando em mais de 150.000 cópias vendidas e com canções que se transformaram em hits, como “Regina Let ́s Go”, “Tarde De Outubro” (cujo vídeo clipe rendeu o prêmio na categoria revelação no VMB, da MTV Brasil, no ano de 2002), “Anteontem” e “O Mundo Dá Voltas”.

Em 2002, lançam o álbum Chegou A Hora De Recomeçar, que atingiu a expressiva marca de 180.000 cópias vendidas. Músicas como “Desconfio”, “Ontem”, “Dias Atrás” e “Não Sei Viver Sem Ter Você”, não só fizeram a cabeça de muita gente mas também colocaram o CPM 22 como um dos expoentes do cenário rock e levou à banda aos quatro cantos do Brasil através de centenas de shows.

Em 2005, apresentaram o álbum Felicidade Instantânea. A primeira música de trabalho deste CD, “Um Minuto Para O Fim Do Mundo, foi durante meses a música mais tocada nas rádios brasileiras. Shows, prêmios e mais agenda totalmente lotada de shows, foram as consequências diretas deste novo álbum de sucesso que atingiu a marca de 80 mil cópias vendidas e se transformou, também, no DVD “Felicidade Instantânea.

Então que em Maio de 2006, aconteceu o aguardado MTV Ao Vivo CPM 22, realizado na cidade de São Paulo. Com esse trabalho, no VMB 2006 venceram na categoria “Melhor Performance Ao Vivo”, e também no Prêmio Multishow de Música Brasileira 2007 ganharam na categoria melhor DVD. Com isso, o sucesso da banda é reconhecido internacionalmente e em Julho de 2006, a banda realizou seu primeiro show Internacional, no Japão.

No ano de 2007 saiu seu sexto álbum de estúdio, intitulado Cidade Cinza. O álbum é uma crítica ao que acontecia na época (e pode se dizer que ainda acontece) em São Paulo, mas que não chega a ser um disco totalmente politizado, e que também contém letras de relacionamentos e acontecimentos gerais. E com o álbum Cidade Cinza ganharam o Grammy Latino 2008 na categoria Melhor álbum de Rock Brasileiro. A repercussão do álbum foi tanta, que em 2009, a banda volta a realizar uma turnê internacional, passando por países como a Inglaterra, Portugal e Estados Unidos.

Depois de 4 anos do lançamento de “Cidade Cinza”, a banda volta, em 2011, com “Depois de Um Longo Inverno”, um disco repleto de influencias de punk, hardcore e ska. Músicas como “Vida ou Morte” e “Abominável” já nasceram hits e assim permanecem até hoje com fortes refrãos que soam como verdadeiros hinos.

Após seis discos de estúdio e dois ao vivo, o CPM22 lançou seu primeiro disco desplugado da carreira. Nele, a banda faz um apanhado geral de toda sua carreira, contendo faixas de todos os discos, desde o clássico independente “A Alguns Quilômetros de Lugar Nenhum” até seu último disco de estúdio, “Depois de um Longo Inverno”. Além das 18 faixas escolhidas entre os seis discos já lançados pela banda, “Acústico” veio ainda quatro inéditas e é praticamente um resumo da carreira da banda.

Em 2015, para coroar as duas décadas de estrada, a banda lançou a turnê de 20 anos, com os maiores sucessos da carreira, que culminou em uma coletânea, lançada pela Universal Music. Nessa turnê, o ápice se deu no show do Rock in Rio, onde a banda se apresentou no Palco Mundo, destinado somente as principais atrações do festival. O show histórico, que foi altamente aclamado pela crítica e pelos fãs, resultou em no CD e DVD Ao-Vivo – CPM22 no Rock in Rio.

Depois da memorável turnê de 20 anos da banda, que percorreu as principais capitais e os maiores festivais do país, em 2017 o CPM22 volta a lançar um disco de inéditas, onde volta às raízes num trabalho com a cara da banda, com guitarras distorcidas, músicas rápidas e melodias marcantes, intitulado Suor e Sacrifício.

Em 2020, a banda celebra os 25 anos de trajetória com a turnê “1/4 de Século” e ainda inicia o processo de produção de seu 8o disco de estúdio.

Prêmios e indicações:

2000 – A banda foi indicada à categoria Melhor Democlipe no Video Music Brasil, com o clipe

da música “Anteontem”

2002 – Com o clipe de “Tarde De Outubro” a banda levou o prêmio na categoria Revelação no

VMB, da MTV Brasil.

2005 – Nesse ano, a banda levou 3 prêmios no VMB: Melhor Vídeo Clipe de Rock com

“Irreversível”, Escolha da Audiência – “Um Minuto Para o Fim do Mundo” e o inusitado Banda

dos Sonhos, onde Ricardo Japinha foi escolhido o baterista.

2006 – No VMB desse ano, venceram na categoria “Melhor Performance Ao Vivo”, com

Inevitável.

2007 – No Prêmio Multishow de Música Brasileira 2007 ganharam na categoria melhor DVD

com o CD/DVD MTV Ao Vivo

2008 – Com o álbum Cidade Cinza ganharam o Grammy Latino

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments