domingo, fevereiro 25, 2024
HomeEntretenimentoColetivo Masterplano celebra o Funk e o Soul brasileiro com 12 horas...

Coletivo Masterplano celebra o Funk e o Soul brasileiro com 12 horas de festa e 22 artistas

Referência na musica eletrônica em BH e no país, grupo escala Fernanda Abreu, Quarteirão do Soul e DJ Scar para uma noite que promete entrar para a história

Um encontro que à primeira vista pode parecer incomum, da música eletrônica com o popular funk é o que propõe o coletivo Masterplano para sua primeira festa de 2022. No dia 15 de abril, em plena sexta-feira da paixão, o grupo belo-horizontino reúne na Serraria Souza Pinto ícones do estilo, como a madrinha do funk carioca Fernanda Abreu – que comemora 30 anos de carreira com show inédito na cidade – o Quarteirão do Soul, movimento de resistência que ocupa as ruas de BH desde 2004 e o DJ Scar, mineiro, referência da cena atual que conta com mais de 1 milhão ouvintes mensais no Spotify. Junto a eles, os nomes que trazem o de mais fresco e provocativo na música eletrônica de Belo Horizonte.

A ponte entre esses dois universos acontece de forma natural já que podemos considerar o funk como a musica eletrônica original brasileira*. “Esta é uma festa que dialoga com o histórico da cidade, o funk em Belo Horizonte está em efervescência, dialoga com a rua e consequentemente com a própria Masterplano, que vem da rua” fala Pedro Pedro, um dos oito integrantes do coletivo que chegou a reunir 2.500 pessoas em sua última edição, em dezembro de 2021, no Mineirão.

 

No som:

Fernanda Abreu comemora seus 30 anos de pista com show inédito em Belo Horizonte e +

Dj Scar, Craig Ouar, Romana, Belisa, Pedro Pedro, Supololo, Lagoeiro, Rua Dois, Dj Kingdom, Escarrbe, Apsu, João Nogueira, Quarteirão do Soul, Dj Akila e Ianzona

Nos visuais: Trisscco, Luzco, Monalisa Leblanc, Joanna Mescladi, Leona Souki e Mira MiuMiu

 

*

 “Busca-se compreender a sua construção genérica a partir de apropriações e hibridações, propondo três marcos para a compreensão e contextualização do fenômeno. O primeiro é o de seu surgimento na periferia da cidade do Rio de Janeiro no final dos anos de 1970 sofrendo a influência do Miami Bass. O segundo é o momento de desenvolvimento do estilo carioca, com letras em português e produção brasileira, destacando-se o trabalho do DJ Marlboro. E o terceiro é a entronização do gênero no circuito de música eletrônica experimental, a partir da sua associação ao electroclash. Marcos aos quais podem associar-se diferentes discursos sobre o funk – que oscilam entre os polos da demonização e da valorização do gênero. O argumento desenvolve-se a partir da discussão de Simon Frith e de Jeder Janotti Jr. sobre a noção de gênero musical, em diálogo com Martin-Barbero, Canclini e Will Straw; dialogando ainda com Hermano Vianna e Micael Herschman sobre a história do funk.

 

(de Sá, S. P. (2007). Funk carioca: música eletrônica popular brasileira?!. E-Compós10https://doi.org/10.30962/ec.195 )

 

Sobre a MASTERPLANO

A MASTERPLANO é uma iniciativa de oito artistas de Belo Horizonte que, desde 2015, realizam festas em edifícios ociosos e espaços públicos de Belo Horizonte, unindo música eletrônica, arquitetura e performance. As propostas do coletivo questionam o funcionalismo da cidade e a burocratização do uso dos espaços públicos, além da falta de artistas mulheres e LGBTs nas apresentações de festas e festivais de música eletrônica no Brasil.

Além de festas, a MASTERPLANO produz também encontros pedagógicos (oficinas, palestras, debates e sessões de cinema) para discutir temáticas que atravessam o universo das experiências festivas, como questões de gênero e sexualidade, território, arquitetura, redução de danos, produção musical e iluminação dinâmica.

A criação e o rápido crescimento da MASTERPLANO abriu portas para o desenvolvimento de uma cena em Belo Horizonte que fez ressurgir o interesse por festas de música eletrônica em uma juventude crítica, artisticamente expressiva e comprometida com a criação de espaços festivos acessíveis, democráticos e diversos.

Com quase uma década de história, a MASTERPLANO é reconhecida hoje como uma das principais festas urbanas de música eletrônica do Brasil, inserindo Belo Horizonte em um circuito que atrai público de todo o país e artistas de todo o mundo.

 

Serviço

Masterplano 40° – Sexta-feira da Paixão

Dia: 15.04 (sexta-feira)

Horário: 22h

Local: Serraria Souza Pinto (Av. Assis Chateaubriand, 889 – Centro, BH)Ingressos (2o Lote): R$70,00 – https://shotgun.live/pt/events/masterplano-40

Evento para maiores de 18 anos

Contatos para público: @masterplanobh (instagram)

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments