quarta-feira, junho 12, 2024
HomeAgência Grupo ConteúdoBelo HorizonteAlunos de “Música” do “Projeto Social Joias” elogiam aulas da 2ª etapa

Alunos de “Música” do “Projeto Social Joias” elogiam aulas da 2ª etapa

Para César Rodrigues, coordenador da pasta, a procura pelos cursos em Mário Campos-MG foi grande e a satisfação dos novos alunos mostra que o trabalho está no caminho certo

Após os bons resultados da primeira fase, o Projeto Social Joias volta na 2ª etapa trazendo mais oportunidades para crianças, jovens e pessoas da melhor idade e a pasta de Música é um bom exemplo. Além de estar na Galeria Professor Nesmar Agostinho Cândido (Centro), com aulas de violão, teclados, bateria e contrabaixo, a pasta está, também, no bairro Tangará, trazendo mais chances para as pessoas que não tinham conseguido se inscrever no projeto.

De acordo com o coordenador César Rodrigues, a procura pelos cursos foi bastante grande, tanto que todas as vagas foram preenchidas. “Estamos muito felizes com os resultados das inscrições. Abrimos a segunda etapa com 104 vagas e tivemos todas elas esgotadas. Prova disso foi que tivemos que abrir um novo polo no bairro Tangará. Lá ficaram 40 alunos e aqui na galeria temos 64. É muito bom ver o interesse das pessoas nas oficinas de música. Inclusive, já estamos tendo um feedback positivo dos alunos que participaram da primeira fase. O método dos professores está sendo um sucesso pelo o que estamos vendo”, disse.

Segundo o coordenador, a segunda fase poderá ser melhor que a primeira. “Acreditamos que os resultados serão bons, pois o pessoal que entrou agora, tem se mostrado muito contente com o Projeto Social Joias. Seja através da sua estrutura, quanto pelos instrumentos e outros. Sempre digo aos meus professores que o nosso trabalho no projeto vai além das aulas, ou seja, a conversa com os alunos, o bom tratamento e a atenção são imprescindíveis para colher bons resultados. Prova disso está no carinho dos alunos e no reconhecimento deles com a gente. Isso não tem preço para um professor”, completa César Rodrigues.

Satisfação

Para João Miguel, de 12 anos de idade, morador do bairro Palmeiras e aluno de contrabaixo, as aulas são ótimas. “Já tinha feito aulas de teclado com o professor Douglas Rodrigues. Agora faço de contrabaixo, que também estou gostando muito. O professor Ivan é muito legal e dá as aulas certinho para a gente, tanto que já consigo fazer alguns sons com o instrumento. Só tenho a agradecer ao Projeto Social Joias pela oportunidade, porque além de mim, tem outras pessoas da minha família que também fazem aulas e estão gostando demais. Depois das aulas de música, farei inscrição na Informática”, conclui. Assim o Projeto Social Joias vai mostrando sua força em Mário Campos-MG, com um trabalho solidário e, acima de tudo, preocupado com a população.

*Projeto realizado com recursos destinados pelo Comitê Gestor formado pela Associação dos Familiares das Vítimas e Atingidos pelo Rompimento da Barragem em Brumadinho-MG (AVABRUM), Defensoria Pública da União (DPU), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Tribunal Regional do Trabalho (TRT), do Dano Moral Coletivo pago a título de indenização social pelo rompimento da Barragem em Brumadinho em 25/01/2019, que ceifou 272 vidas.

Redação Viraliza BH
Redação Viraliza BH
Felipe de Jesus é Jornalista pela Faculdade Estácio de Sá/BH | Advogado pela UNIESP e Pós-Graduado em Direito Empresarial e Direito Público e Licitatório pela Faculdade Focus. É Economista pela UNIP/SP | Teólogo pela ESABI | Sociólogo pela Universidade Polis das Artes/SP | Técnico em Publicidade pela IPED/SP | Perito & Assistente Judicial Trabalhista - Contábil/Imobiliário pela 'Faculdade Beta Perícias & Pós-Graduação Jurídica' | Mestre em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação pela UEMC. Atualmente cursa o Bacharelado em Farmácia/Ciências Médicas pela UniFECAF/SP.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments