domingo, julho 14, 2024
HomeNoticiasCulturaMemorial Minas Gerais Vale anuncia renovação

Memorial Minas Gerais Vale anuncia renovação

As intervenções no edifício-sede serão iniciadas em agosto de 2024, e o museu continuará em atividade com exposições e ações culturais e educativas itinerantes em Belo Horizonte e diversas cidades mineiras. A programação será aberta com a mostra imersiva "O Extraordinário Universo de Leonardo Da Vinci"

O Memorial Minas Gerais Vale, um dos mais importantes espaços culturais de Belo Horizonte (MG), será totalmente renovado para oferecer aos visitantes novas experiências sobre a história, a arte e as tradições do estado. Em agosto deste ano começarão as intervenções no edifício-sede do museu, o que possibilitará um olhar diverso sobre os aspectos que compõem as identidades mineiras. Com uma expografia inovadora, que mesclará objetos antropológicos e artísticos de diferentes épocas, os visitantes terão a oportunidade de conhecer a fundo a formação histórica, social e cultural de Minas, desde os povos indígenas que habitavam a região até os dias atuais. Durante a realização das obras, o Memorial Vale continuará em atividade com o projeto Memorial Itinerante, em diversas cidades mineiras. A programação se inicia em agosto, com a abertura da exposição imersiva “O Extraordinário Universo de Leonardo Da Vinci”, que chega a Minas Gerais pela primeira vez.

 

Novas abordagens e curadoria no Memorial Vale

O edifício-sede do Memorial Minas Gerais Vale passará por intervenções de requalificação, como novas estruturas de acessibilidade e áreas para atender a multipúblicos, com o objetivo de valorizar ainda mais o prédio que abrigou a antiga Secretaria de Estado da Fazenda. Desenvolvida pela MaCh Arquitetos, essas intervenções serão acompanhadas pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG) e pela Diretoria de Patrimônio Cultural e Arquivo Público de Belo Horizonte (DIPC), ligada à Secretaria Municipal de Cultura.

 

“O objetivo é desenvolver um museu como laboratório de experiências históricas, culturais, étnicas, raciais, de gênero e sexo, de classe, de religião. Um museu transversal que permita cruzar diferentes marcadores sociais e debater suas tensões. Um museu que seja uma convocação à reflexão”, diz Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale. “Nestes 14 anos de atuação, o Memorial Minas Gerais Vale se consolidou como esse espaço de encontro, de democratização da cultura, de educação e de diálogos. A renovação vai trazer ao público novas formas de experenciar o museu, que também se integra ainda mais ao edifício histórico”, completa.

 

O trabalho de renovação do Memorial Vale foi construído a partir da pesquisa desenvolvida pelas escritoras e pesquisadoras Heloisa Starling e Lilia Schwarcz. Professora titular do Departamento de História da UFMG, Heloisa é autora de importantes livros sobre a república brasileira. Imortal da Academia Brasileira de Letras, Lilia foi curadora de grandes museus em São Paulo e no Rio de Janeiro. As duas ganharam o 61º Prêmio Jabuti na categoria Livro do Ano, com a obra “Brasil: uma biografia”.

 

A nova expografia, com curadoria de Isa Ferraz e Marcelo Macca, propõe um diálogo entre o ontem, o hoje e o amanhã no qual o visitante é o protagonista. Isa é doutora pela USP e assina a curadoria do Museu da Língua Portuguesa (São Paulo). Marcelo é jornalista e já participou de equipes de criação e curadoria de diversos espaços, como o Museu da Língua Portuguesa (São Paulo), Museu do Homem Americano (Piauí), Cais do Sertão (Pernambuco), Museu do Amanhã (Rio de Janeiro), Museu de Valores do Banco Central (Brasília), entre outros. “A nova exposição permanente do Memorial vai surpreender e emocionar os visitantes com uma mistura inédita de obras de arte, objetos históricos e peças audiovisuais criadas especialmente para o Museu”, pontuam Isa e Marcelo.

 

A ocupação museográfica e de infraestrutura será diferente da atual. “Os dois primeiros pavimentos do prédio serão destinados às salas de exposições permanentes, nas quais o prédio em si fará parte do acervo e da experiência de visitação, recuperando a edificação em seus espaços, proporções e materialidades. As salas de exposições temporárias serão instaladas no último pavimento do prédio, permitindo maior integração na montagem das exposições e infraestruturas. O auditório será completamente reformulado para receber espetáculos e eventos de forma mais eficiente”, detalha Fernando Maculan, arquiteto da MaCh.

 

Programação especial 

O Memorial Vale fica aberto até o dia 27 de julho. E de 17 a 25 de julho, adotará horário estendido, das 10h até as 21h nas quartas, sextas e sábados e até as 22h nas quintas, ampliando a oportunidade de visitação ao espaço, além de oferecer uma programação especial para crianças e famílias por meio do projeto “Férias Divertidas”. Já no dia 27 de julho, último dia de funcionamento, haverá a tradicional virada criativa “Boa Noite Memorial”. Uma noite festiva com 12 horas de programação ininterrupta na Praça da Liberdade e também dentro do museu, com shows musicais, performances, dança, intervenções, teatro e ações culturais e educativas. O evento se iniciará às 13h do sábado, no dia 27, e vai até as 2h da manhã de domingo, no dia 28.

 

Para o período de itinerância, estão previstas ocupações, eventos culturais, ações educativas em escolas públicas e grandes exposições como “O Extraordinário Universo de Leonardo Da Vinci”, que tem o patrocínio do Memorial Minas Gerais Vale e Instituto Cultural Vale. Segundo Wagner Tameirão, diretor do MMGV, “a proposta é levar o Memorial Vale e sua programação para locais onde há carência de atividades educativas e culturais, oferecendo atrações gratuitas e permitindo a continuidade da programação do museu mesmo durante o fechamento para realização da obra”.

 

Com entrada gratuita, “O Extraordinário Universo de Leonardo Da Vinci” terá aproximadamente mil metros quadrados e oito áreas expositivas. A mostra proporcionará uma viagem pelas invenções, experimentos e criações artísticas em tamanho real desse grande artista da história mundial, além de usar recursos de realidade aumentada.

 

Em Belo Horizonte (MG), a exposição ocorrerá no Espaço 356 (Rua Adriano Chaves e Matos, 100, Bairro Olhos D’Água, saída para o Rio de Janeiro). Sucesso de público, a mostra já passou por Vitória (ES), realizada pelo Museu Vale, recebendo mais de 60 mil pessoas, e foi adaptada da montagem que celebrou os 500 anos de Da Vinci no Museu da Imagem do Som (MIS Experience), em São Paulo, também com patrocínio do Instituto Cultural Vale.

 

 Memorial já recebeu mais de 1,4 milhão de visitantes

Um dos espaços culturais que integram o Instituto Cultural Vale, o Memorial Vale faz parte do complexo cultural Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, e se caracteriza como um museu de experiência, com exposições que utilizam arte e tecnologia de forma intensa e criativa, além de uma rica programação cultural e educativa. O MMGV surgiu por meio de uma parceria entre a Vale, o Governo do Estado de Minas Gerais e a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult-MG).

 

De 2010, ano de sua inauguração, até junho de 2024, o espaço recebeu mais de 1,4 milhão de pessoas, de todos os estados do Brasil e de outros continentes. São mais de 3 mil eventos realizados, 106 exposições, quase 9 mil escolas e grupos atendidos e cerca de 240 mil pessoas recebidas em visitas mediadas. Foram distribuídos R$ 1,3 milhão de reais em 16 editais de promoção à cultura e a novos artistas realizados pelo Memorial Vale desde a sua abertura.

 

O Memorial Minas Gerais Vale é um dos vencedores do Travellers’ Choice Awards do TripAdvisor e do Prêmio Aberje em 2011 na categoria Memória – Lançamento do Memorial Minas Gerais Vale. Mais que um espaço dedicado às tradições, origens e construções da cultura mineira, o museu tornou-se um lugar de trânsito e cruzamento entre a potência da história e as pulsações contemporâneas da arte e da cultura, onde o presente e o passado estão em contato direto, em permanente renovação.

Serviço: Memorial Minas Gerais Vale

Endereço: Praça da Liberdade, nº 640, esquina com Rua Gonçalves Dias, Savassi, BH-MG.

Horário de funcionamento: Quarta, sexta e sábado: das 10h às 17h30, com permanência até as 18h. Quinta, das 10h às 21h30, com permanência até as 22h. Domingo, das 10h às 15h30, com permanência até as 16h. Entrada gratuita.

Horário estendido de visitação: dias 17, 19, 20 e 24 de julho, das 10h às 20h30, com permanência até as 21h (quartas, sextas e sábados). Dias 18 e 25 de julho, das 10h às 21h30, com permanência até as 22h (quintas). Dia 26 de julho (sexta), das 10h às 17h30, com permanência até as 18h.

 

Sobre o Instituto Cultural Vale

O Instituto Cultural Vale acredita que a cultura transforma vidas. Por isso, patrocina e fomenta projetos em parcerias que promovem conexões entre pessoas, iniciativas e territórios. Seu compromisso é contribuir com uma cultura cada vez mais acessível e plural, ao mesmo tempo que atua para o fortalecimento da economia criativa.

Desde a sua criação, em 2020, o Instituto Cultural Vale já esteve ao lado de mais de 800 projetos em 24 estados e no Distrito Federal, contemplando as cinco regiões do Brasil. Entre eles, uma rede de espaços culturais próprios, patrocinados via Lei Federal de Incentivo à Cultura, com programação gratuita, identidade e vocação únicas: Memorial Minas Gerais Vale (MG), Museu Vale (ES), Centro Cultural Vale Maranhão (MA) e Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA). Onde tem cultura, a Vale está.  Visite o site do Instituto Cultural Vale: institutoculturalvale.org.

 

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments