quinta-feira, maio 23, 2024
HomeGastronomiaCulináriaFeijão é ingrediente destaque na Cozinha Santo Antônio

Feijão é ingrediente destaque na Cozinha Santo Antônio

“Feijão de tropeiro”, “feijão-das-onze” e feijão-de-preguiça”. (Eduardo Frieiro)

Sentar no chão, na porta da cozinha, e catar feijão. Essa cena de poesia faz parte da lembrança da chef Ju Duarte, da Cozinha Santo Antônio. Seu amor pelo feijão vem da infância, de uma época em que ela ainda tinha medo de panela de pressão!

Em seu restaurante, ela serve o feijão em pratos que trazem referência de várias partes do país: baião de dois, feijoada…. mas é no mineiríssimo tropeiro em que ele mais brilha. Desculpem os paulistas, que insistem em pegar para si o prato, mas como diz Eduardo Frieiro, o mais importante estudioso da gastronomia mineira, é possível reconhecer a cultura alimentar mineira na constância das preferências alimentares da população, e é aí que o tropeiro brilha.

Feijão tropeiro é sempre gostoso, mas certamente a escolha de ingredientes selecionados, artesanais, cultivados sem pressão dá outro gosto. Na Cozinha Santo Anônimo, o prato começa com a escolha do feijão, grão vermelho e graúdo. Depois chegam os defumados, a linguiça fresca e os torresmos. “Meu tropeiro é feito à moda da dona Zezé, minha mãe. Utilizamos o feijão vindo direto de produtores, graúdo e adocicado, os defumados da Beira Mato, a linguiça do Bebeto e os ovos caipira” conta Ju Duarte. “Eu adoro a mexida,, me enche de memórias e de poesia. Ver o feijão ganhando gosto e brilho com a gordura e se misturando com a cebola e o alho” completa a chef.

Alí o tropeiro é feito com menos farinha do que temos costume de ver por aí.  Feijão cozido no ponto, banha para untar tudo. Ovos caipiras acrescentados ao final e o torresmo por cima pra não murchar. Segundo a chef,  o mais importante é saber misturar, o gesto, o jeito de balançar a panela de quando em quando. Pra deixar o prato colorido: couve fininha e vinagrete. Um ovo frito pode ser pedido à parte.

Sobre a Cozinha Santo Antônio

Em uma esquina charmosa, em um dos bairros mais tradicionais da cidade, a Cozinha Santo Antônio chama atenção logo de cara pela arquitetura. Ao mesmo tempo mineira e cosmopolita, com garimpos e peças de design e uma imponente e acolhedora cozinha aberta.

Uma ótima tradução para a comida feita ali. “Estamos completamente conectados com as nossas origens e com a nossa história, mas temos os pés no presente e o olhar no futuro”, diz Juliana Duarte, que comanda tudo no espaço.

A Cozinha Santo Antônio tem por princípio o respeito à sazonalidade dos ingredientes, por isso o cardápio muda de acordo com o que se tem de mais fresco e gostoso para cozinhar. Os insumos são orgânicos, de origem e chegam através de pequenos produtores.

“Todo início de semana planejo o cardápio dos próximos dias com base no que os produtores têm disponível” conta Juliana. “Durante a semana os pratos são de uma comida mais caseira, que eu defino como sendo ‘que nem a da casa da gente’. No final de semana temos pratos mais elaborados e sempre há opção vegetariana. A comida varia de receitas de família bem mineiras a pratos da cozinha do mundo, como a francesa e a do Oriente Médio que eu gosto muito e estudo”, completa.

Juliana é uma cozinheira, historiadora e pesquisadora da história da gastronomia mineira. Mas antes disso tudo trabalhava na publicidade enquanto paralelamente estudava gastronomia e vendia seu disputado patê na Feira Fresca.
Do seu jeito, vem fazendo comida com história e afeto, transformando algo aparentemente banal em “extraordinário”. Comida que valoriza a cultura alimentar mineira e que faz bem para o corpo e para a alma.

 

Serviço

Rua São Domingos do Prata, 453 – Santo Antônio
Funcionamento de terça a domingo de 12:00 às 14:30 nos dias de semana e de 12:30 às 16:00 nos finais de semana.
Delivery e o “buscaqui”

Whatsapp: (31) 9-8218-6427

https://www.instagram.com/cozinha_santoantonio

Crédito:

Tropeiro/ Cozinha Santo Antônio
Ju Duarte

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments