domingo, fevereiro 25, 2024
HomeEntretenimentoEletiva proporciona aprendizado por meio de experiências reais na natureza

Eletiva proporciona aprendizado por meio de experiências reais na natureza

Estudantes do Ensino Médio do Colégio Santo Agostinho – Contagem vivenciaram uma imersão ecológica no Centro Agostiniano em Ecologia Integral – ilAli

Com a expansão do modo de vida urbano, crianças e jovens passaram a viver a maior parte do tempo em frente à televisão, usando smartphones e jogando videogame. A necessidade de retomar a vivência com a natureza tem ganhado cada vez mais importância nas salas de aula. Um estudo realizado pela pesquisadora Amanda Lloyd, do centro de pesquisa em educação da Western Sydney University, localizada em Sydney, na Austrália, indica que as habilidades desenvolvidas em ambiente externo permanecem com os estudantes e melhoram seu desempenho durante toda a vida acadêmica.

Atento a isso e com o objetivo de reconectar os alunos com o meio ambiente e propiciar aprendizados importantes para toda a vida, o Colégio Santo Agostinho, Unidade Contagem, criou a matéria eletiva “Acampa: Vida ao ar livre”, que segue as inovações promovidas pelo novo Ensino Médio. Como parte desse projeto, os estudantes da 2ª série  do Ensino Médio participaram de um acampamento no Centro Agostiniano em Ecologia Integral – ilAli, um espaço qualificado para formação, encontros e experiências de conexão consigo, com o próximo e com a ecologia.

Localizado no município de Mário Campos, Região Metropolitana de Belo Horizonte, o ilAli possui em seus 260 mil metros quadrados de área de preservação ambiental, uma amostra exuberante de mata nativa, com nascente e trilhas que surpreendem os visitantes.  No local, o único barulho são as cigarras, o correr das águas do riacho entre as pedras de seixo e os cantos do pássaro preto, do bem-te-vi, das rolinhas, do joão-de-barro, do tucano, do canário-do-campo, do fogo-pagou. Além desses, dezenas de outras espécies se abrigam na região como o gavião, a maria preta, saí amarela, saí verde, maritaca, pica-pau e beija-flor.

“Nos três dias, eles colocaram em prática tudo o que aprenderam nos últimos seis meses, durante as nossas aulas, além de terem experimentado como é viver em meio à natureza”, conta o professor de Geografia Marcus Husbert, responsável pela eletiva. Ele explica que no Acampa os estudantes aprendem uma pedagogia que trabalha a conscientização, através da experimentação.

“Nossas aulas são todas realizadas ao ar livre, justamente para os alunos entenderem a importância da educação ambiental e viverem de forma mais harmônica com a natureza. Hoje em dia, é muito comum o ser humano não se sentir parte do meio ambiente, e quando o sujeito não se sente pertencente, tudo vira teoria. Por isso, vimos a necessidade de fazer essa transcendência para que os estudantes passem a se sentir parte do meio, através do conceito de experiência de vida”, pontua.

No Centro ilAli, os estudantes tiveram uma vivência de acampamento real. Divididos em equipes, montaram as próprias barracas e prepararam as refeições, livres de proteína animal. Parte dos alimentos consumidos no acampamento foram cultivados por estudantes do Colégio. “Foram ensinadas a eles técnicas de sobrevivência como, por exemplo, fazer fogo, construir mesas e bancos utilizando cipós, madeiras e sisal, que é um fio de cipó utilizado para amarrações. Aprenderam sobre plantas e raízes para identificar suas funções nutritivas, benefícios e toxinas, além do manejo do solo”, detalha.

As equipes passaram por provas e jogos que os ajudaram a conquistar benefícios dentro do acampamento. “O objetivo não foi escolher uma equipe campeã, mas, sim, reforçar nos estudantes a importância do espírito de equipe e autoajuda”, enfatiza Marcus Husbert. Na programação também houve um luau e uma noite de fogueira. “O uso de celulares foi reduzido para eles aproveitarem ao máximo essa experiência”, conta.

Lugar Ideal

“O Centro ilAli é um local ideal para as escolas que buscam um espaço de diálogo, de autoconhecimento e educação, atrelado à uma imersão à natureza”, ressalta Aleluia Heringer, diretora de Educação, Relações Institucionais e ASG (Ambiental, Social e Governança) do Colégio Santo Agostinho.

O local possui um pomar repleto de frutas cítricas, além de hortaliças e ervas que saem da horta, direto para a mesa.  Além das riquezas naturais, o cardápio oferecido no ilAli é cuidadosamente elaborado de acordo com a colheita da semana, garantindo assim as receitas sazonais, onde os produtos são mais frescos e existe um aproveitamento consciente do plantio.

Há salões para encontros com múltiplas possibilidades de layout e com equipamentos de projeção, som, além de ar-condicionado. Entre eles destacam-se o Salão Ipê rodeado por vidros, proporcionando aos participantes a visão do bosque e da mata. O mesmo acontece no salão da sede. Com capacidade para mais de 90 pessoas, este salão está localizado em frente aos jardins das bromélias.

 O ilAli está aberto para receber atividades de escolas, empresas e outras instituições, inclusive para atividades como o Acampa. Conheça mais sobre o Centro ilAli no site  https://ilali.com.br/lugar-ideal/.

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments