segunda-feira, abril 15, 2024
HomeGastronomiaBebidaCabernet Butiquim dá dicas de harmonização para a Páscoa

Cabernet Butiquim dá dicas de harmonização para a Páscoa

Pablo Teixeira, do Cabernet Butiquim, revela os segredos dos melhores vinhos e espumantes para acompanhar o bacalhau e transformar o seu feriado em uma celebração ainda mais memorável.

A Páscoa renova os laços familiares e a tradição gastronômica ganha destaque. Neste período, o bacalhau assume o papel de protagonista à mesa, trazendo a oportunidade de explorar harmonizações vínicas que realçam os seus sabores únicos. Contrariando a crença de que apenas os vinhos brancos se adequam a esse prato de tradição portuguesa, desvendamos as nuances que fazem dos vinhos tintos e espumantes excelentes companheiros para esta iguaria.

Pablo Teixeira, sócio do Cabernet Butiquim, compartilha suas valiosas dicas para a escolha dos vinhos perfeitos para acompanhar o prato na Páscoa. “O bacalhau é uma tradição portuguesa e merece um vinho à altura de sua nobreza”, enfatiza Pablo. “No Cabernet Butiquim, selecionamos cuidadosamente rótulos que realçam os sabores do bacalhau, proporcionando uma experiência gastronômica única.”

Entre as sugestões de Teixeira, destaca-se o Sericaia Alentejo Branco, um vinho português que encanta com sua estrutura e complexidade. “Este vinho é uma escolha certeira para acompanhar pratos como nosso arroz de bacalhau, servido com ovo mollet e batata palha caseira, uma atração principal da Sexta-feira Santa em nossa casa”, revela. “Sua fruta madura e intensa, sem passagem por barrica, complementa perfeitamente a intensidade do bacalhau.” Além dos brancos, os espumantes ganham espaço à mesa, trazendo leveza e vivacidade. O Fausto Brut, um espumante brasileiro, surge como uma opção versátil, capaz de harmonizar com uma variedade de pratos, incluindo o bacalhau. Com sua cremosidade e perlagem intensa, este vinho é fermentado na própria garrafa, garantindo uma experiência efervescente especial. Para os amantes dos vinhos tintos, a sugestão recai sobre um vinho mineiro, destacando o Rosé como uma escolha intrigante para acompanhar o bacalhau ou peixes mais leves. “Complementando a baixa intensidade do peixe, este vinho oferece uma experiência sensorial equilibrada, elevando cada garfada a um novo patamar de prazer culinário”, comenta o empresário.

No entanto, a escolha do vinho ideal vai além da cor da bebida. É essencial considerar o modo de preparo do prato e seus acompanhamentos. Molhos mais carregados pedem vinhos de maior estrutura, enquanto pratos mais leves necessitam de vinhos mais ácidos para limpar o paladar. “A busca pelo equilíbrio perfeito entre os sabores do prato e as características do vinho é a chave para uma harmonização bem-sucedida”, garante Pablo.

A arte da harmonização é uma experiência pessoal, onde não existem regras rígidas. O importante é seguir seu paladar e explorar as possibilidades oferecidas pela diversidade de vinhos disponíveis. Seja na escolha de um vinho branco encorpado, de um espumante refrescante ou de um rosé leve, a Páscoa é uma oportunidade para celebrar os sabores da vida em boa companhia.

 

SERVIÇO:

CABERNET BUTIQUIM

Rua Levindo Lopes, 22 – Funcionários

Funcionamento: Terça a Sábado, de 11h30 às 23h30; Domingos, 11h30 às 16h.

Instagram: @cabernetbutiquim

Reservas: (31) 98447-4102 – WhatsApp

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments