quinta-feira, junho 20, 2024
HomeNoticiasCultura18/04 - Concerto “Isso Não é Um Violão?” instiga o público a...

18/04 – Concerto “Isso Não é Um Violão?” instiga o público a ir além do óbvio sobre o instrumento

Há um programa que sempre é relacionado ao violão: tocar nas cordas e pressionar para produzir sons. Entretanto, o instrumento pode muito mais do que essa dinâmica. E é isto o que o violonista Artur Miranda Azzi vai apresentar em seu show “Isso Não é Um Violão?”, marcado para o dia 18 de abril, quinta-feira, às 20h, no Memorial Vale. Neste concerto, fruto de uma pesquisa de doutorado, o ouvinte será submerso em diversas possibilidades de abordagem do violão. Artur Miranda Azzi, possui mestrado em música pela Hochschule für Musik und Darstellende Kunst Frankfurt (2021) e atua nas áreas de performance, teoria da música e composição. A apresentação integra o projeto Contemporâneo. Retirada de ingressos 1h antes do evento (apenas um por pessoa).

O Memorial Vale, um dos espaços culturais do Instituto Cultural Vale, fica na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, e tem entrada gratuita. Saiba mais em https://memorialvale.com.br/pt/ .

O concerto “Isso Não é Um Violão?” consiste em resultados artísticos parciais da pesquisa de doutorado em andamento de Artur Miranda Azzi na Universidade Federal de Minas Gerais e na Universidade de Münster (Alemanha). A pesquisa de Artur concentra-se no violão na música de concerto contemporânea, escapando de abordagens hegemônicas que priorizam o toque dedilhado e o pressionar das cordas para produzir alturas perceptíveis.

Buscando abordar a questão de como compreender os modos de existência desses violões e entendendo que o ato performativo é um fenômeno complexo e heterogêneo envolvendo dispositivos corporais, contextos sociais e formas de disciplina, o violonista compõe principalmente com Gilles Deleuze, Félix Guattari, Bruno Latour, Bernard Stiegler. A partir deles, são extraídos conceitos para auxiliar no desenvolvimento de uma reflexão sobre a questão que não sucumba à binaridade técnica tradicional/estendida.

As peças que serão apresentadas no concerto servem como estudos de caso para entender o fenômeno em detalhes e discutir várias questões que podem ser extrapoladas para outras composições. Além da reflexão intelectual, o repertório também forma a base para um componente de pesquisa artística.

Artur Miranda Azzi possui mestrado em música pela Hochschule für Musik und Darstellende Kunst Frankfurt (2021), Künstlerisches Aufbaustudium pela Akademie für Tonkunst Darmstadt (2019) e graduação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Foi professor substituto na Hochschule für Musik und Darstellende Kunst Frankfurt am Main e professor voluntário na Universidade Federal de Minas Gerais.

Serviço: Memorial Minas Gerais Vale

Endereço: Praça da Liberdade, nº 640, esquina com Rua Gonçalves Dias, Savassi.

Horário de funcionamento: Quarta, sexta e sábado: das 10h às 17h30, com permanência até as 18h. Quinta, das 10h às 21h30, com permanência até as 22h. Domingo, das 10h às 15h30, com permanência até as 16h. Entrada Gratuita

Memorial Minas Gerais Vale

O Memorial Minas Gerais Vale, um dos espaços culturais do Instituto Cultural Vale, já recebeu mais de 1,4 milhão de pessoas, de todos os lugares do Brasil e de outros continentes. São mais de 1.600 eventos realizados e cerca de 200 mil pessoas em visitas mediadas. Integra o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, um dos maiores complexos de cultura do Brasil. Caracterizado como um museu de experiência, com exposições que utilizam arte e tecnologia de forma intensa e criativa, é um dos vencedores do Travellers’ Choice Awards do TripAdvisor. Na curadoria e museografia de Gringo Cardia, cenários reais e virtuais se misturam para criar experiências e sensações que levam os visitantes do século XVIII ao século XXI. Mais que um espaço dedicado às tradições, origens e construções da cultura mineira, o Memorial é um lugar de trânsito e cruzamento entre a potência da história e as pulsações contemporâneas da arte e da cultura, onde o presente e o passado estão em contato direto, em permanente renovação. É vivo, dinâmico, transformador e criador de confluências com artistas independentes e com diversos segmentos da cultura mineira.

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments