terça-feira, maio 21, 2024
HomeGastronomiaCulinária16/10 - Dia Mundial do Pão - Docente do Senac dá...

16/10 – Dia Mundial do Pão – Docente do Senac dá dicas para preparar um saboroso pão em casa

Um dos alimentos mais tradicionais e consumidos em todo o mundo, o pão é uma iguaria variada e muito popular. Para celebrar o alimento, a União dos Padeiros e Confeiteiros de Nova York instituiu, em 2000, 16 de outubro como o Dia Mundial do Pão.

Segundo historiadores, os primeiros pães eram feitos de uma mistura de cereais com água que, assada sobre uma pedra quente, resultava em uma massa densa e saborosa. Estudos arqueológicos indicam que o pão fermentado e macio, parecido com o que conhecemos hoje, foi produzido pela primeira vez juntamente com o cultivo do trigo, há cerca de 6 mil anos na região da Mesopotâmia, onde atualmente está situado o Iraque.

Quem quer pão?

Já parou para pensar quanto tempo um pão de forma dura na prateleira do supermercado? Bruna Vieira, docente do Senac em Minas especializada em panificação, explica as principais diferenças entre os pães disponíveis no mercado. 

“Apesar de algumas pessoas considerarem o pão integral como mais saudável que os demais, para fazer essa avaliação é importante analisar tanto os ingredientes, quanto o processo de produção dos pães. O pão de forma, sendo integral ou não, na maioria das vezes, apresenta uma quantidade de aditivos e conservantes maior do que pães feitos na padaria ou em casa. Por isso, atualmente nutricionistas têm indicado o consumo do pão francês ao invés do pão de forma integral.”

A especialista aponta ainda que os pães de fermentação natural, ou até mesmo os de longa fermentação, oferecem mais benefícios a saúde. “Justamente pela sua forma de preparo, pois o processo mais longo torna o pão mais digestivo, com menor índice glicêmico, além de ter maior prazo de validade, pois o ácido acético produzido durante a fermentação reduz o crescimento de bolores”, salienta.

Que tal um pão caseiro?

Bruna Vieira dá alguns elementos importantes que devem ser observados por quem quer fazer pão em casa:

  • Paciência – Respeitar os tempos de cada parte da produção é um dos principais fatores para conquistar um pão de qualidade no final do processo.
  • Qualidade dos ingredientes – É importante ter atenção a fatores como qualidade da farinha, temperatura do ambiente, quantidade de fermento e tempo de fermentação. A qualidade da farinha interfere na formação do glúten, que é fundamental para o pão crescer fofinho e macio.
  • Temperatura – A temperatura do ambiente pode influenciar na quantidade de fermento que você usará na massa. Por exemplo, se quiser uma fermentação mais lenta, e o dia estiver muito quente, é essencial reduzir a quantidade de fermento.
  • Sova – Outro ponto importantíssimo para obter um pão de qualidade, com miolo macio e saboroso, é a sova adequada. A depender do pão, nem mesmo é necessário ficar com os braços doloridos, podemos usar recursos que auxiliam na formação da rede glúten, como dobras, fermentação longa e autólise – Misturar a farinha e a água da massa e deixar descansar na geladeira de 30 minutos a 4 horas, esse tempo de descanso hidrata a proteínas formadoras de glúten, diminuído consideravelmente o tempo de sova da massa.

A docente do Senac indica uma receita simples, prática, mas muito saborosa de pão que pode ser feito em casa. E sugere também um delicioso acompanhamento para esse pão caseiro.

Pão folha

Ingredientes

  • 500g ou 4 xícaras de farinha de trigo branca;
  • 10g ou 1 colher de sopa sal;
  • 290g ou 1 ¼ xícara de água;
  • 25g ou 2 colheres de sopa de azeite.

Modo de preparo:

1º – Misturar a farinha com o sal, acrescentar metade da água e todo o azeite;

2º – Sovar e ir acrescentando o restante da água até que se forma uma massa firme e maleável;

3º – Deixar a massa descansar de 30 minutos;

4º – Dividir em peças de 30 gramas, bolear e deixar descansar por mais 30 minutos;

5º – Abrir cada peça com auxílio de um rolo de massa, formando um disco fino;

6º Colocar a massa aberta na frigideira quente, quando dourar virar o pão, ele irá dourar do outro lado e estufar (Esse processo dura em média de 2 a 3 minutos);

Observações: É possível assar no forno a uma temperatura de 250°C por 3 a 5 minutos. Para fazer a versão integral é só usar 250g (2 xícaras) de farinha de trigo branca + 250g (2 xícaras) de farinha de trigo integral.

 

Guacamole para acompanhar o pãozinho

Ingredientes

  • 4 abacates maduros picados em cubos;
  • 1/2 cebola roxa picadinha;
  • 1 tomate Andrea picado em cubos pequenos;
  • Salsinha fresca;
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem;
  • Suco de 1 limão Taiti;
  • Sal à gosto;
  • Pimenta-do-reino à gosto;
  • Pimenta de cheiro à gosto;
  • Pimenta dedo-de-moça à gosto.

Modo de preparo:

1º – Separar a polpa dos abacates, sem a casca e corta em pedaços rústicos e pequenos;

2º – Pegue as pimentas de preferência, corte ao meio, tire as sementes e corte em cubos pequenos;

3º – Adicione os cubinhos no abacate;

4º – Tempere o creme de abacate com o suco de limão taiti, o azeite e cebola roxa cortada em cubos bem pequenos, pimenta-do-reino e sal a gosto;

5º – Finalize com salsinha picada.

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments