terça-feira, maio 21, 2024
HomeNoticiasEstadoNatal da Mineiridade Cemig 2023 seleciona projetos em Belo Horizonte e no...

Natal da Mineiridade Cemig 2023 seleciona projetos em Belo Horizonte e no interior do estado

Companhia destinará R$ 5 mi para a realização das iniciativas voltadas à temática natalina em diferentes regiões de Minas Gerais 

 

Dezembro está chegando e, com ele, as programações natalinas que encantam o público em diferentes regiões do estado. Com o objetivo de promover a democratização do acesso às práticas culturais e de posicionar Minas Gerais como um dos principais destinos de fim de ano no Brasil, a Cemig e o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), lançaram, nesta segunda-feira (09/10), o edital Natal da Mineiridade Cemig 2023.

O documento realiza um chamamento público para a seleção de projetos artísticos e culturais já aprovados ou a serem inscritos na Lei Estadual de Incentivo à Cultura (Leic), que vão compor a programação do Natal da Mineiridade neste ano de 2023.

Ao todo, serão destinados R$5 milhões para o desenvolvimento das propostas escolhidas. Esse valor será direcionado para ações realizadas em Belo Horizonte e no interior do estado. Do montante, R$ 2 milhões serão destinados para as iniciativas promovidas na capital mineira e os outros R$3 milhões serão para as atividades natalinas das demais cidades do estado.

O valor de R$2 milhões será dividido entre o projeto a ser executado na região central da capital mineira, com foco no desenvolvimento de uma Cidade de Natal, e as diferentes iniciativas promovidas nas áreas periféricas do município.

“O nosso objetivo, com a publicação do edital neste novo formato, é o de garantir um maior alcance dos nossos patrocínios. Em Belo Horizonte, teremos iniciativas incentivadas na área central, mas queremos apoiar as atrações que acontecem nas demais regiões da cidade, nas áreas periféricas do município. Além disso, queremos fazer com que o Natal da Mineiridade também chegue ao interior de Minas”, explicou a diretora de Comunicação Empresarial e Sustentabilidade da Cemig, Cristiana Kumaira.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, reforça que a iniciativa potencializará Minas Gerais como um destino de Natal no cenário brasileiro. “Ao darmos oportunidade para que os realizadores do estado ofereçam ao público atrações culturais no período natalino, nós estimulamos a ampliação da programação cultural disponível em Belo Horizonte e nas diversas cidades de Minas Gerais. Isso contribui para atrair mais turistas, em um período do ano em que muitas pessoas realizam muitas viagens. O Natal da Mineiridade, em 2022, ano do seu lançamento, conseguiu integrar a capital a mais de 200 municípios e para este ano a expectativa é muito maior”, pontuou Oliveira.

Inscrições

Poderão ser proponentes neste edital de chamamento público pessoa física e/ou jurídica, com ou sem fins lucrativos, cujos projetos sejam aprovados na Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais (Leic). Eles devem ter autorização para captação vigente e recebimento dos aportes no exercício de 2023.

Os interessados em participar do edital, mas que ainda não tenham seus projetos inscritos na Leic, poderão fazer o cadastro das propostas na plataforma da Secult até o dia 30 de outubro. Depois da inclusão na plataforma da Secult, o proponente deverá fazer o cadastro no formulário da Cemig no site da Companhia www.cemig.com.br.

Essa é a data válida também para quem já tem o projeto inscrito na Lei, mas que necessita fazer a readequação ao tema. Essas propostas inscritas e/ou readequadas até o dia 30 de outubro serão apreciadas na reunião de Comissão Paritária Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Copefic) que acontecerá no mês de novembro.

Diversidade cultural

Serão aceitas no cadastro as iniciativas que estejam relacionadas às atividades do Natal da Mineiridade, de acordo com as categorias previstas e em conformidade com as manifestações culturais pautadas na Leic (22.944/2018). Os projetos submetidos ao edital devem apresentar a autorização para captação ao projeto (Certificado de Aprovação – C.A) quando solicitado. O valor a ser repassado a cada projeto escolhido dependerá da avaliação e da classificação de cada proposta nas etapas de seleção previstas no edital.

Para seleção das propostas, serão utilizados critérios como: cumprimento dos requisitos; apresentação do custo per capita (valor total do projeto dividido pela estimativa de público); adequação e aderência em relação ao tema Natal da Mineiridade; exequibilidade da proposta; relação com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU); criatividade e inovação; realização de parcerias e articulação da rede; e acessibilidade e inclusão.

De acordo com Cristiana Kumaira, “a Cemig, como a maior incentivadora de cultura no estado, abraça o setor em toda a sua diversidade. Desta forma, o Natal da Mineiridade buscará proporcionar aos diferentes públicos as mais variadas práticas artísticas, resultando em ações positivas e transformadoras”, enfatizou.

Cronograma

A seleção dos projetos aprovados nos termos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura será realizada a partir do recebimento das propostas e consistirá em três etapas. A primeira será a de análise dos projetos, publicação do resultado preliminar e fase de recurso; a segunda será de análise documental da regularidade e adequação dos documentos; e a terceira etapa é a da divulgação do resultado definitivo.

As inscrições começam nesta segunda-feira (09/10) e seguem até as 23h59 da segunda-feira (30/10). A comissão julgadora fará a análise técnica dos projetos entre os dias 09/10 e 22/11/2023. A previsão é de que o resultado preliminar da seleção seja divulgado na segunda-feira (27/11). O prazo de habilitação dos projetos selecionados, após prazo recursal, será entre os dias 29/11 e 01/12. No caso de algum dos projetos não apresentar a documentação necessária será chamado o próximo classificado. A previsão é de que o resultado definitivo dos projetos aprovados seja publicado na segunda-feira (04/12).

O edital completo está disponível no site da Cemig, no endereço www.cemig.com.br/.

Praça da Liberdade  

Além do edital de seleção de projetos para o Natal da Mineiridade, a Cemig também destinará recursos incentivados aos projetos que farão a tradicional iluminação da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, além das iniciativas que contemplam as luzes, os shows e as apresentações no Circuito Liberdade.

Promoção dos destinos mineiros

Com o apoio das Instâncias de Governança Regionais do Turismo (IGRs) e da Rede de Gestores Municipais, a Secult também realizará ações que visam à promoção e à estruturação das festividades e manifestações natalinas que ocorrem em todo o estado.

Uma delas é a criação de um portfólio digital com todas as atrações culturais das cidades mineiras realizadas no período do Natal. Para ter o conteúdo contemplado nesse material, é importante que os realizadores inscrevam suas programações no portal Minas Gerais (www.minasgerais.com.br).

Haverá ampla divulgação do Natal da Mineiridade nos principais meios de comunicação da capital e do interior, além de veículos nacionais. A campanha de divulgação se estenderá nas redes sociais, dentre elas o blog Daqui em Minas disponível no portal Minas Gerais. O monitoramento dos dados referente ao período será outra ação a ser realizada pelo Observatório do Turismo, a fim de comparar os índices deste ano com 2022.

A expectativa é atrair mais turistas, o que resulta no aumento do fluxo turístico, estimulando a geração de emprego e renda, a partir do fomento ao turismo na capital e no interior e da valorização das manifestações culturais locais.

No ano passado, 220 municípios aderiram ao Natal da Mineiridade, e foi registrado no estado um fluxo turístico de cerca de 2,5 milhões de pessoas no fim do ano, o que representou um aumento de 60% de movimentação turística em comparação com 2021. Em relação ao transporte aéreo, houve aumento de 17% de pousos de aeronaves no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte em comparação com o mesmo período de 2021.

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments