segunda-feira, julho 22, 2024
HomeEntretenimentoCCBB Educativo amplia programação nas férias de julho

CCBB Educativo amplia programação nas férias de julho

Ações lúdicas, pensadas para os mais diversos públicos, celebram a arte e a inclusão; Programação gratuita ganha horários extras entre 15 e 31 de julho

Nas férias de julho, o “CCBB Educativo – Territórios e Saberes” convida toda a família a vivenciar a arte por meio de experiências lúdicas e diversas, pensadas para muitos: bebês de colo, crianças maiores, pais, cuidadores, adultos, idosos, pessoas autistas, pessoas cegas, surdas e cadeirantes. Todos têm um lugar especial na programação gratuita, que ganha horários extras entre 15 e 31 de julho.

Os visitantes poderão escolher entre laboratórios criativos, visitas sensoriais, contação de histórias, e espetáculos que unem literatura, teatro e música. As ações são pensadas para acolher e incluir os mais diversos públicos em seus momentos de lazer, como ressalta o coordenador do CCBB Educativo, Danilo Filho: “Desenvolvemos atividades voltadas para todas as idades e necessidades; dentre elas, destaco o Laboratório de Práticas Criativas e o Espaço Sensorial, ações que nos convidam a mergulhar na história não contada sobre a construção de Belo Horizonte, a partir da exposição ‘Encruzilhadas da Arte Afro-brasileira’. É uma oportunidade para os diversos públicos conhecerem e refletiram acerca de uma memória que também é nossa”.

 

Confira, a seguir, os destaques da programação:

 

Experiências teatrais e musicais para todas as idades

 

Inspirado na exposição “Encruzilhadas da Arte Afro-Brasileira”, o espetáculo “Em Cantos e Contos – Odoyá Salve a Rainha do Mar” é uma ode às divindades africanas.  Ganham destaque as histórias sagradas de Iansã, a rainha dos ventos; Oxum, a deusa das águas doces; e Nanã, patrona da agricultura. As narrativas são um convite a conhecer os orixás e suas relações com as forças da natureza. Quando: quintas e sextas, às 16h. Sábados, domingos e feriados, às 14h e 16h.

 

Já o “Música em Cena –  Mojubá: Salve os Encontros” une coreografia, samba e batuque para prestar uma homenagem à pomba-gira, figura híbrida, com influências africanas, europeias, orientais e americanas. Inspirados na ideia de encruzilhada como morada do “povo da rua” e nas Pomba-Gira Maria Navalha e Maria Mulambo, a apresentação também propõe uma reflexão sobre as relações de gênero na sociedade brasileira. Quando: sextas-feiras, às 19h.

 

“Espaço e Suportes Sensoriais – Se Lembre de Mim Aqui” levanta a seguinte questão: quais narrativas foram apagadas da história oficial da construção de Belo Horizonte? A partir dessa pergunta, o CCBB Educativo retoma fatos sobre a memória da população negra da capital mineira, que marca os anos anteriores à sua construção e que foram soterrados pelo concreto. Os visitantes poderão ouvir depoimentos de pessoas envolvidas em projetos que resgatam essa memória e também acessar ervas e plantas usadas em benzimentos. Uma vez acessadas essas lembranças, a ação se propõe a refletir: se somos feitos de lembranças, o que não queremos – e não podemos – esquecer? Quando: segundas, quintas e sextas, das 10h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 11h às 12h e das 15h às 16h.

 

Espaços de criação para crianças

Crianças a partir de três anos e seus cuidadores são convidados a exercerem a criatividade por meio de experiências lúdicas, inspiradas na história negra de Belo Horizonte. No “Laboratório de Práticas Criativas – Memória Estampada”, que usa como mote a nova concepção da bandeira de Belo Horizonte, os participantes são apresentados a histórias não contadas sobre a presença de populações quilombolas nas regiões centrais do antigo Arraial do Curral Del Rei. A partir desse contexto, eles são incentivados a desenvolver bandeiras que representem a população e a história negra a partir de uma perspectiva artística e culturalmente diversa. Quando: quintas e sextas-feiras, às 17h. Sábados, domingos e feriados, às 12h e 17h.

A ancestralidade africana e o ativismo negro são o ponto de partida da obra do artista Rubem Valentim, um dos homenageados da exposição “Encruzilhadas da Arte Afro-Brasileira”. A partir da observação de peças do artista presentes na mostra, o “Pequenas Mãos – Outras Combinações” convida crianças a criarem objetos tridimensionais com blocos que remontam às características do trabalho de Valentim, como a geometria e o uso de cores sólidas. O resultado será um diálogo com a linguagem, a estética e as composições do artista. Quando: quintas, sextas, sábados, domingos e feriados, às 15h.

Na ação “Livro Vivo”, crianças e cuidadores são convidados a participarem da leitura de obras conectadas com as exposições em cartaz. Desta vez, os educadores vão ler em voz alta obras que dialogam com ancestralidade, memória e valorização racial. O público poderá escolher entre os seguintes títulos: “De Passinho em Passinho”, de Otávio Júnior; “Os Dengos na Moringa de Voinha”, de Ana Fátima; e “O Pequeno Príncipe Preto para Pequenos”, de Rodrigo França. Quando: quintas e sextas, às 14h. Sábados, domingos e feriados, às 13h e 17h.

 

Imersão sensorial para bebês e cuidadores

 

Criada para acolher bebês de colo e seus cuidadores, a visita mediada “No Sling” propicia uma experiência imersiva à exposição “Encruzilhadas da Arte Afro-Brasileira”, ao mesmo tempo em que fomenta o desenvolvimento estético e poético através de narrativas, músicas e objetos relacionais.  A ação será realizada no dia 21 de julho (domingo), às 9h30, antes de o CCBB abrir ao público. O CCBB Educativo emprestará um sling para cada bebê participante. A visita tem duração de 30 minutos. Inscrições: https://forms.gle/b6iMwLprH8sRg7m29.

 

Já o Pequeníssimas Mãos, atividade indicada para bebês de zero a dois anos, é inspirado nos trabalhos de Hélio Oiticica, Ernesto Neto, Tunga e Lygia Clark, artistas que têm o corpo do espectador como agente de ativação da obra. Nesta atividade, bebês e seus cuidadores são convidados a explorarem “ninhos sensoriais” criados a partir de pequenos cubos feitos com bambolês, que ativam a sensorialidade por meio de texturas, aromas, linhas, fitas e sons. Esta é uma proposta de imersão que instigará a percepção estética dos bebês, colocando seus corpos em contato com o espaço e com objetos mediadores. Quando:  sábados, domingos e feriados, às 11h e 11h30. Lotação: 10 crianças por sessão, acompanhadas por até dois responsáveis.

 

Visitas Multissensorial e em Libras

Visita Cognitiva Multissensorial, voltada a pessoas com transtorno do espectro autista e seus acompanhantes, é um incentivo a explorar a exposição “Encruzilhadas da Arte Afro-Brasileira” por meio de diversos sentidos, além da visão. Nesta mediação artística, educadores recepcionam os participantes antes de o Centro Cultural abrir ao público, possibilitando um momento especial de trocas. Quando: sábado, 20/07, às 9h30. Participação mediante inscrição prévia pelo formulário: https://forms.gle/yPFYN1HR38Fqwsn67.

 

Nas Visitas em Libras, a comunidade surda é convidada a vivenciar as exposições do CCBB ao lado de um arte-educador ouvinte e intérprete de Língua Brasileira de Sinais – Libras. Com a duração de uma hora, as visitas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as obras expostas e os recortes curatoriais. Quando: domingos, às 15h e segundas, às 16h.

 

Confira a programação completa do CCBB Educativo para julho:

 

Visita Teatralizada. Nesta ação, personagens que fizeram parte da memória de BH ou do prédio do CCBB viajam no tempo e chegam em 2024 para contar um pouco da história da cidade, da Praça da Liberdade e da arquitetura do edifício. Numa inusitada imersão cênica, o visitante é convidado a acompanhar essa história percorrendo os espaços do prédio. A visita tem duração de até 1h e é destinada ao público espontâneo. Quando: sábados, domingos e segundas – às 18h.

Visitas Mediadas. Que tal visitar as exposições do CCBB acompanhado de um educador? Nesta ação, visitantes de todas as idades participam de uma visita mediada em grupo, sem necessidade de agendamento. Com duração de uma hora, as visitas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições. Quando: de quarta a segunda  às 12h e 18h.

Visitas Agendadas para Grupos. Agende sua visita educativa conosco! Escolas públicas e privadas, ONGs e outras instituições dedicadas à educação e à integração social podem agendar visitas educativas às exposições. Com duração de 1h, as visitas educativas agendadas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições. Quando: segundas, quintas e sextas – às 9h30, 10h30, 14h, 15h, 19h e 20h. Quartas  às 9h30, 10h30, 19h.

Ateliê Educativo. Espaço aberto em que o público pode acessar a biblioteca do Educativo, conversar com os educadores acerca de temas ligados à educação, deixar recados e sugestões, participar de vivências em artes visuais experimentando técnicas e materiais e conferir trabalhos e pesquisas artísticas dos educadores. Quando: segundas, quintas e sextas – das 10h às 21h. Quartas – das 10h às 13h e das 17h às 21h. Sábados, domingos e feriados – das 10h às 18h.

 

Circuito Liberdade 

 

O CCBB BH é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e cultura em transversalidade com o turismo. Trabalhando em rede, as atividades dos equipamentos parceiros ao Circuito buscam desenvolvimento humano, cultural, turístico, social e econômico, com foco na economia criativa como mecanismo de geração de emprego e renda, além da democratização e ampliação do acesso da população às atividades propostas. 

 

Serviço CCBB Belo Horizonte

Praça da Liberdade, 450 – Funcionários, Belo Horizonte – MG

Funcionamento – Quarta a segunda, das 10h às 22h.

Telefone: (31) 3431-9400

E-mail: ccbbbh@bb.com.br

Redes sociais: facebook.com/ccbb.bh | instagram.com/ccbbbh

 

Leo Junior
Leo Juniorhttps://viralizabh.com.br
Bacharel em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário UNA, graduado em Marketing pela Unopar e pós graduado em Marketing e Negócios Locais e com MBA em Marketing Estratégico Digital, é um apaixonado por futebol e comunicação além de ser Jornalista certificado pelo Ministério do Trabalho.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Dê sua sugestão!spot_img

Most Popular

Recent Comments